header top bar

section content

VÍDEO: Filme sobre assassinato de homem após dizer que votou no PT será exibido em Cajazeiras

Segundo o professor, o filme vem reforçar a luta das minorias e reafirmar que esta não vão se calar diante da maioria.

Por Luzia de Sousa

12/12/2018 às 16h08

O Professor da Universidade Federal de Campina Grande, Hélio Ázara, em entrevista à TV Diário do Sertão nesta quarta-feira (12), falou sobre a exibição do filme que retrata o assassinato do mestre de capoeira em Salvador, Estado da Bahia. Romualdo Rosário da Costa, de 63 anos, conhecido como Moa do Katende foi morto com 12 facadas nas costas, em um bar, em outubro deste ano.

+ BARBÁRIE: Homem é morto com 12 facadas por eleitor de Bolsonaro após dizer que votou no candidato do PT

O filme que retrata um crime no Nordeste, onde a motivação seria política será exibido no Núcleo de Extensão Cultural (NEC), da UFCG nesta quarta-feira.

Segundo o professor, o filme vem reforçar a luta das minorias e reafirmar que esta não vão se calar diante da maioria.

“As pessoas que não se sentem incluídas nesse governo a partir de 2019 resistirão passivos, e não vamos esperar sermos as próximas vítimas, mas vamos nos manifestar porque as liberdades democráticas ainda estão aí valendo”, acrescentou o educador.

A vítima Romualdo Rosário da Costa, de 63 anos

Entenda
Um homem foi morto com 12 facadas nas costas na madrugada desta segunda-feira, em um bar em Salvador, após dizer que tinha votado no candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), o autor do crime, que teria começado a discussão, manifestou aos gritos seu apoio a Jair Bolsonaro (PSL). Ao se irritar com o comentário da vítima, de que ali as pessoas preferiam o Partido dos Trabalhadores, ele o matou.
DIÁRIO DO SERTÃO

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa