header top bar

section content

VÍDEO: Servidores da Saúde paralisam atividades em Cajazeiras por salário atrasado; Prefeitura responde

Em contato com o Diário do Sertão, secretário de Governo e Articulação Política disse que Prefeitura começou a pagar mês de novembro a CAPS, SAMU, CEO e PSF

Por Jocivan Pinheiro

26/12/2018 às 15h22 • atualizado em 26/12/2018 às 15h31

Dezenas de servidores e servidoras da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Cajazeiras paralisaram suas atividades durante esta quarta-feira (26) por não terem recebido o salário referente ao mês de novembro. A categoria se concentrou em frente à sede da secretaria com faixas e cartazes cobrando o pagamento atrasado.

“Qual é nossa arma? Parar! Se eu não recebi, se eu estou com cobradores na minha porta eu não tenho condições de trabalhar, nem psicológica e nem devo”, disse a presidente do Sindicato dos Funcionários Municipais de Cajazeiras (SINFUMC), Elinete Lourenço.

“Não adianta a gestão se magoar com isso. Quem deve estar magoado, triste, penalizado são os servidores que não receberam seus salários”, completa a sindicalista.

VER TAMBÉMCâmara de Cajazeiras aprova previsão de orçamento do município para o ano de 2019

Resposta da Prefeitura

Em contato com o Diário do Sertão, o secretário de Governo e Articulação Política do município, José Anchieta, disse que a Prefeitura começou a pagar hoje o mês de novembro para as categorias que faltam: CAPS, SAMU, CEO e PSF.

Segundo Anchieta, nesta quarta estão recebendo os servidores dos CAPS e do CEO. Até sexta devem receber os trabalhadores do SAMU e PSF. Ele garantiu ainda que nesta mesma sexta-feira também será iniciado o pagamento do mês de dezembro.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: advogado sousense fala sobre a redução da maioridade penal. Você é contra ou a favor?