header top bar

section content

Prefeito de Bernardino Batista paga folha de dezembro e conclui 2018 com todas as obrigações em dia

Após a segunda parcela do 13º e agora a folha de dezembro, o prefeito de Bernardino Batista conclui todos os pagamentos dos servidores públicos.

Por Luzia de Sousa

28/12/2018 às 12h06

O pagamento dos servidores municipais de Bernardino Batista, folha referente ao mês de dezembro foi autorizado nesta sexta-feira (28), pelo prefeito Gervázio Gomes (PSB), quando recebem os efetivos e comissionados. Esta é a última etapa do calendário de pagamento de fim de ano cumprido pelo prefeito sertanejo, que contemplou ainda a segunda parcela do 13º neste mês de dezembro.

De acordo com Gervázio Gomes, o pagamento de todos os servidores vão receber seus salários já nesta sexta-feira, cumprindo assim seu compromisso de pagar aos servidores municipais dentro do mês trabalhado desde seu primeiro ano de gestão.

Após a segunda parcela do 13º e agora a folha de dezembro, o prefeito de Bernardino Batista conclui todos os pagamentos dos servidores públicos e inicia o ano 2019 totalmente em dia com o funcionalismo.

Gervázio Gomes também pagou a todos os fornecedores do município, encargos e obrigações previdenciárias.

“Mesmo com toda essa crise, redução do FMP, mantivemos o nosso compromisso de pagar em dia, dentro do mês trabalhado, e vou começar o ano de 2019 com todas as folhas pagas. Isso é motivo de muita alegria, porque sei o peso e as dificuldades para manter um município com as características como o nosso equilibrado dessa forma”, concluiu Gervázio.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DELAÇÃO PERIGOSA

Prisão de Burity pode cair como ‘bomba atômica’ em prefeitos e ex-prefeitos do Sertão, diz colunista

EM NOVEMBRO

VÍDEO: Fórum inédito do Governo do Estado discutirá perspectiva de emprego e renda em Cajazeiras

MUNICÍPIOS DISPUTAM CAMPUS

VÍDEO: Deputado lamenta ‘briga’ entre Itaporanga e Piancó pela UEPB e diz que a luta é do Vale do Piancó

PARA TUDO!

VÍDEO! Garis realizam greve e toneladas de lixo deixam de ser coletados na cidade de Patos