header top bar

section content

VÍDEO: Manifestantes vão às ruas da cidade de Patos para cobrar solução em caso de jovem desaparecida

Com cartazes e fotos da jovem, os manifestantes pediam uma solução para o caso

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

21/08/2019 às 08h41 • atualizado em 21/08/2019 às 15h16

Na noite desta terça-feira (20), amigos e familiares fizeram uma caminhada na cidade de Patos, Sertão do estado, para cobrar das autoridades uma resposta do caso do desaparecimento da jovem Maria da Conceição, mais conhecida como Ceiça.

+ Mulher chora em apelo para encontrar irmã desaparecida na região de Patos: “Quero apenas o corpo dela”

A caminhada saiu de um bairro próximo a casa da família da Ceiça em direção à Catedral, onde houve manifesto e um momento de oração.

Com cartazes e fotos da jovem, os manifestantes pediam uma solução para o caso.

“A gente quer uma solução. A gente não quer atingir ninguém, a gente quer uma solução sobre o caso, que encontre o corpo dela.. Não estamos tendo paz”, disse Alex Pereira, primo da vítima.

Ceiça tem 32 anos, desapareceu misteriosamente desde a última quinta-feira (15) na cidade de Quixaba, região de Patos. De acordo com o delegado Galdêncio Neto, a família da vítima registrou o desaparecimento dela na Polícia Civil e, um dia após o desaparecimento da mulher, o ex-companheiro dela foi encontrado morto.

População vai às ruas cobrar solução para o caso da jovem desaparecida

Segundo a representante do movimento das mulheres Olga Benário, o que os manifestantes pedem é respeito: “É por isso que saímos hoje nas ruas para exigir que as mulheres tenham respeito, que as mulheres não sejam julgadas como essa jovem está sendo julgada. A gente quer que o corpo dela apareça ou ela apareça. Todos os dias tem acontecido casos de feminicidio e é por isso que é importante a gente estar hoje nas ruas exigindo que se faça justiça”, disse Olga.

Vídeo no celular
O delegado revelou que o celular de Naldo foi encaminhado para perícia, em João Pessoa, e que no cartão memória do aparelho foi encontrado um vídeo onde Naldo narra que teria assassinado Ceiça, e deixado o corpo em baixo de uma ponte no município de Serra Negra (RN). Buscas foram realizadas no fim de semana na região, porém o corpo ainda não foi localizado.

Como ajudar?
A família de Ceiça mora no bairro Monte Castelo, Zona Sul de Patos, e disponibilizou um telefone para contato, para receber informações sobre seu paradeiro.

Quem souber alguma informação, ligue para o número (83) 9-8174-0713.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

EM RECIFE

VÍDEO: Publicitário cajazeirense que revelou Shaolin e Hulk conta como alcançou sucesso e ganhou prêmios

BOMBEIROS NO LOCAL

VÍDEO: Incêndio destrói fazenda de vereador em Itaporanga, e funcionário suspeita de ato criminoso

CONSÓRCIO NORDESTE

VÍDEO: João Azevêdo destaca potencial tecnológico de Campina Grande em encontro com empresários alemães

ARMAÇÕES?

VÍDEO: Presidente da Câmara de Marizópolis denuncia golpe e ameaças de armação contra “quem pensa diferente”