header top bar

section content

Instituto de Nazarezinho tem contas rejeitadas por deixar de recolher contribuições para Previdência

Foram julgadas regulares as prestações de contas das câmaras municipais de Taperoá, Itapororoca e Bom Jesus de 2018.

Por Luzia de Sousa

03/09/2019 às 15h33 • atualizado em 03/09/2019 às 15h35

TCE-PB julga contas de prefeituras do Sertão da Paraíba

Em sessão realizada na manhã desta terça-feira (03), sob a presidência do conselheiro Arthur Cunha Lima, a 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado apreciou uma pauta com 110 processos – em sua maioria atos de pessoal, e rejeitou as contas de 2017 do Instituto de Previdência de Nazarezinho, tendo como principal irregularidade a falta de recolhimento das contribuições previdenciárias. Foram julgadas regulares as prestações de contas das câmaras municipais de Taperoá, Itapororoca e Bom Jesus de 2018.

Regulares foram julgadas as contas de 2017, apresentadas pelas secretarias do Planejamento, Habitação, Finanças, Desenvolvimento e Controle Urbano, assim como da Controladoria e da Procuradoria Geral, todas do município de João Pessoa. De Campina Grande, a prestação de contas de 2016 da Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer. Também do Instituto de Previdência e Assistência Social de Sumé, exercícios de 2015 e 2016.

Licitações
A Câmara julgou regular o Pregão Presencial nº 300/2016, realizado pela Secretaria de Estado da Administração, tendo por objetivo o registro de preços visando à aquisição de medicamentos para atender às necessidades da Secretaria de Estado da Saúde. Ainda o processo de Inexigibilidade para contratação de serviços de consultoria e assessoria contábil financeira e orçamentária promovido pela Câmara Municipal de São Francisco.

Os membros do colegiado julgaram improcedentes denúncias que envolveram a Prefeitura de João Pessoa, processo nº 12836/19, no que tange a processo licitatório para concessão e gerenciamento dos estacionamentos, bem como em relação a serviços de vale alimentação, sob a responsabilidade da Defensoria Pública do Estado.

Sob a presidência do conselheiro Arthur Cunha Lima, a 2ª Câmara do TCE – que funciona no miniplenário Conselheiro Adailton Coelho Costa, realizou sua 2962ª sessão ordinária. Estiveram presentes à sessão, afora o presidente, os conselheiros Nominando Diniz, André Carlo Torres Pontes, Antônio Cláudio Silva Santos (substituto) e Oscar Mamede Santiago Melo (substituto). Pelo Ministério Público de Contas atuou a procurador Manoel Antônio dos Santos Neto.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática