header top bar

section content

Estado assume gestão da maternidade de Patos e vai iniciar novos contratos a partir de quinta-feira

Secretaria avisa que todos os trabalhadores que possuíam vínculo por meio de CLT receberão todos os seus direitos trabalhistas logo após homologação da rescisão

Por Jocivan Pinheiro

14/01/2020 às 18h54 • atualizado em 14/01/2020 às 19h39

Maternidade Peregrino Filho, na cidade de Patos

A Secretaria de Estado da Saúde informou que está assumindo, a partir desta quinta-feira (16), a gestão direta da Maternidade Peregrino Filho, na cidade de Patos, no Sertão paraibano.

De acordo com comunicado da pasta, a SES vai iniciar o processo de assinatura de novos contratos temporários por excepcional interesse público na quinta-feira (16), com os mesmos profissionais que já estão na maternidade.

Ainda segundo o aviso, o Governo do Estado entrou em acordo com o Ministério Público do Trabalho para que esses contratos temporários fiquem vigentes até que seja aprovada na Assembleia Legislativa da Paraíba a Fundação PB Saúde, que fará a gestão das unidades hospitalares no estado.

A SES avisa que todos os trabalhadores que possuíam vínculo pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) receberão todos os seus direitos trabalhistas logo após homologação da rescisão.

VEJA TAMBÉM

Greve de trabalhadores acumula lixo e gera situação caótica na limpeza pública da cidade de Patos

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

NOVAS OBRAS

VÍDEO: Governador diz que pretende iniciar em 2021 a construção de importante estrada no Vale do Piancó

ONDA DE ASSALTOS

VÍDEO: Mototaxista de Cajazeiras diz que teme pela vida e pede mais segurança à Polícia Militar

NOVAS TAXAS

VÍDEO: Empresário fala sobre redução nos juros do cheque especial alertando cuidados na sua utilização

SUCESSO

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe amigos empresários e destaca a trajetória da empresa Padrão Social