header top bar

section content

Estado assume gestão da maternidade de Patos e vai iniciar novos contratos a partir de quinta-feira

Secretaria avisa que todos os trabalhadores que possuíam vínculo por meio de CLT receberão todos os seus direitos trabalhistas logo após homologação da rescisão

Por Jocivan Pinheiro

14/01/2020 às 18h54 • atualizado em 14/01/2020 às 19h39

Maternidade Peregrino Filho, na cidade de Patos

A Secretaria de Estado da Saúde informou que está assumindo, a partir desta quinta-feira (16), a gestão direta da Maternidade Peregrino Filho, na cidade de Patos, no Sertão paraibano.

De acordo com comunicado da pasta, a SES vai iniciar o processo de assinatura de novos contratos temporários por excepcional interesse público na quinta-feira (16), com os mesmos profissionais que já estão na maternidade.

Ainda segundo o aviso, o Governo do Estado entrou em acordo com o Ministério Público do Trabalho para que esses contratos temporários fiquem vigentes até que seja aprovada na Assembleia Legislativa da Paraíba a Fundação PB Saúde, que fará a gestão das unidades hospitalares no estado.

A SES avisa que todos os trabalhadores que possuíam vínculo pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) receberão todos os seus direitos trabalhistas logo após homologação da rescisão.

VEJA TAMBÉM

Greve de trabalhadores acumula lixo e gera situação caótica na limpeza pública da cidade de Patos

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

MUNICÍPIO ESCLARECEU

VÍDEO: Vereador denuncia que Prefeitura de Patos distribui suposta cesta básica de apenas R$ 21,00

COMÉRCIO SEGUE ABERTO

VÍDEO: Prefeito de Cajazeiras prorroga decreto, mas pede que haja consciência da gravidade do problema

PREFEITO FOI SOLTO

VÍDEO: Radialista diz que Dr. Bosco não define mais eleição em Uiraúna por causa do ‘dinheiro na cueca’

"DINHEIRO TEM"

VÍDEO: Vereador volta a cobrar resposta do prefeito de Sousa sobre gratificação para servidores da Saúde

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!