header top bar

section content

VÍDEO: Policiais tentam algemar ex-deputado acusado de desacato em Patos; ele diz que houve abuso da PM

Foi dada voz de prisão por desacato a autoridade, mas no momento em que houve a tentativa de algemá-lo, o ex-deputado de 78 anos resistiu

Por Érika Soares

11/02/2020 às 18h18 • atualizado em 11/02/2020 às 21h22

O ex-deputado estadual Biu Fernandes, de 78 anos, foi parar na delegacia, na manhã desta terça-feira (11), após se envolver em uma discussão com policiais militares no bairro Itatiunga, na cidade de Patos, Sertão do estado.

De acordo com informações repassadas ao Diário do Sertão pela Polícia Militar, o ex-deputado teria ‘riscado’ uma faca peixeira no chão e essa atitude foi considerada intimidadora para a população.

A guarnição teria solicitado que a faca fosse entregue, mas Biu Fernandes teria se negado alegando que a faca não é uma arma. Com a aproximação dos policiais, o ex-parlamentar jogou a faca no chão.

Após esse gesto, foi dada voz de prisão por desacato a autoridade, mas no momento em que houve a tentativa de algemá-lo para ser levado à Delegacia de Polícia Civil, Biu Fernandes resistiu.

VEJA TAMBÉM

Homem de 54 anos é preso na região de Sousa por porte ilegal de arma de fogo

Ex-deputado estadual Biu Fernandes, da cidade PatosA uma emissora de rádio de Patos, Biu Fernandes afirmou que não foi preso nem levado à delegacia pelos policiais, e sim foi por conta própria e lá registrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por abuso de autoridade.

Ele alegou que estava com a faca na cintura porque estava capinando uma vegetação em frente à sua propriedade, e confirmou ter se negado a entregar a faca porque ela não é considerada arma.

O ex-deputado disse que teve os braços machucados pelas algemas. Após prestar depoimento e assinar o TCO, ele foi liberado.

Confira a versão de Biu Fernandes:

DIÁRIO DO SERTÃO

TIRANDO DÚVIDAS

VÍDEO! Advogada explica tudo sobre os auxílios Doença e Emergencial do Governo Federal

EPIDEMIA CRESCE

VÍDEO: Secretária de Saúde explica como os casos suspeitos e prováveis de Covid-19 são notificados

TRABALHA EM FARMÁCIA

VÍDEO: Após fim do Mais Médicos, cubano que mora em São José de Piranhas busca retomar a profissão

CONSEGUIU SE CURAR

VÍDEO: Médica que atende em Cajazeiras e teve Covid-19 conta como a doença evoluiu no organismo dela

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!