header top bar

section content

Diário do Sertão grava cenas especiais para reportagem sobre a seca em Piancó; veja!

A TV Diário do Sertão é a primeira TV online da Paraíba e tem a sua sede na cidade de Cajazeiras

Por

05/12/2015 às 14h35

Depois de percorrer as cidades de Conceição, Itaporanga e Coremas, gravando cenas para a série especial 'Seca no Sertão' que estreiou nessa semana no Portal e TV Diário do Sertão, agora é vez da cidade de Piancó.

Serão realizadas reportagens exclusivas com as personalidades mais conhecidas nas cidades, e a série sobre a maior crise hidrica que a região vem enfrentando. 

Depois de Piancó, será a vez das cidade de Sousa, sertão da Paraíba mostrar a situação em que se encontra o açude de São Gonçalo, que abastece a cidade e região, e falar com a população mais afetada com a falta deste precioso líquido e autoridades da própria cidade, apara saber o que se tem feito para amenizar esse sofrimento.

Veja a série 'Seca no Sertão' completa no Vale do Piancó:

População do Sertão relata que tem que ficar acordada até três da madrugada para mendigar água nas ruas: "Ninguém dorme" VÍDEO!

Açude quase seco, sertanejos perdem a fé e profetizam: "O próximo ano será pior que este". Veja vídeo!

Açude que abastece várias cidades do Sertão está praticamente seco, moradores revelam muito desperdício e comerciantes lamentam prejuízos

A TV Diário do Sertão é a primeira TV online da Paraíba.

Para acompanhar essas e outras reportagens do Potal e da TV Diário do Sertão, é só acessar o endereço www.diariodosertao.com.br/tv

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
VISITA TÉCNICA

Após reclamações, vereadores constatam muitos veículos quebrados na garagem da prefeitura de Cajazeiras

LAMENTÁVEL

LAMENTÁVEL: vigilante morre assassinado a tiros ao reagir a assalto em posto de combustíveis em Sousa

ELEIÇÃO DA FEDERAÇÃO

VIXE: Para Aldeone, falta de apoio a Arlan Rodrigues na FPF foi covardia e Cajazeiras está “ensinando a Paraíba a trair”

CRÍTICA E CONSELHO

Jornalista diz que rádio de Cajazeiras está ultrapassado e precisa repensar conteúdo para não ‘morrer’