header top bar

section content

Funcionário da Unimed morre em Cajazeiras por complicações do novo coronavírus

Recentemente, ele chegou a ficar 15 dias internado por complicações de saúde e dias após ter alta, foi encaminhado à unidade médica por conta do vírus

Por Redação Diário

20/12/2020 às 12h29 • atualizado em 20/12/2020 às 12h39

Morreu, neste domingo (20), o cajazeirense Haroldo Júnior Dantas, conhecido como ‘Júnior de Aroldo’, em decorrência da infecção pelo novo coronavírus. Ele estava internado no Hospital Regional de Cajazeiras (HRC) e não resistiu. O sepultamento aconteceu ainda na manhã de hoje.

Júnior de Aroldo fazia tratamento médico por problemas no rim e também no coração.  Recentemente, ele chegou a ficar 15 dias internado por complicações de saúde e dias após ter alta, foi encaminhado à unidade médica por conta do vírus. Neste domingo, ele apresentou uma piora e faleceu.

VEJA:

Morre radialista paraibano vítima do coronavírus; governador João Azevêdo lamenta

O sepultamento ocorreu de forma rápida por conta da infecção, mas foi marcado pela homenagem de amigos e familiares. O cajazeirense tinha 60 anos, era casado e tinha uma filha médica e um filho fisioterapeuta. Ele trabalhava como funcionário da Unimed há cerca de quatro anos.

DIÁRIO DO SERTÃO

HUMANIZAÇÃO

VÍDEO: Prefeitura de Monte Horebe mantém casa de apoio que acolhe pessoas em tratamento de saúde em JP

NOVO REITOR

VÍDEO: Antônio Fernandes fará planejamento estratégico que inclui instalação de novos cursos na UFCG

EMPENHO

VÍDEO: Chico Mendes visita Ebserh em Brasília e fala sobre a construção do HU do Sertão

RECONHECIMENTO

VÍDEO: Jeová agradece homenagem, fala em Cajazeiras e defende novo Reitor da UFCG indicado por Bolsonaro

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!