header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Funcionários do Samu sinalizam paralisação por falta de pagamento; prefeito diz que não recebe recursos. Veja!

No documento eles estabeleceram que aguardam o pagamento até a próxima segunda-feira (12), assim não haverá prejuízo de procedimentos. Confira aqui

Por

07/10/2015 às 07h47

Funcionários do Samu podem paralisar as atividades (foto: Diamante Online)

A Equipe de funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) da cidade de Conceição, no Vale do Piancó, se reuniu e enviou um documento ao Prefeito Nilson Lacerda nesta segunda-feira (05), sinalizando que poderá haver uma paralisação de advertência no próximo dia 13 de outubro.

Os profissionais da saúde cobram seus salários referentes aos meses de agosto e setembro. No documento eles estabeleceram que aguardam o pagamento até a próxima segunda-feira (12), assim não haverá prejuízo de procedimentos e medidas legais por parte da categoria.

A Prefeitura se pronunciou através da Secretaria de Saúde, dizendo que o município tem total interesse em efetuar o pagamento e para isso o recurso já está disponível, porém o serviço é mantido de forma conjunta com o Estado e o Governo Federal e pelo fato do não repasse das contrapartidas de ambos há mais de 60 dias, não há como fazer o pagamento somente com o dinheiro da Prefeitura, já que a contrapartida do município não é suficiente para cobrir a folha.

“Não há como efetuarmos esse pagamento somente com o dinheiro da Prefeitura. A parte que nos é incumbida está pronta, mas infelizmente o Governo Federal e o Governo do Estado há mais de 60 dias não vem cumprindo com os seus deveres e estamos ficamos assim, desamparados”, comenta a Secretária Magnady Lacerda.  

“Estamos desenvolvendo o nosso trabalho com honra e ética”, comentou um enfermeiro que cobra seus salários.

Caso haja a paralisação de advertência na terça-feira (13), será feita por um período de 24 horas.

DIÁRIO DO SERTÃO com DiamanteOnline

Tags:
NA PARAÍBA

OPINIÃO: Atraso de salários e falta de obras podem custar derrotas em 2020 a prefeitos do Alto Sertão

FIM DA NOVELA

VÍDEO: Irmãos Lira permanecem no comando do Atlético de Cajazeiras e já anunciam 17 jogadores de fora

REPORTAGEM ESPECIAL

VÍDEO: Igualdade de direitos entre brancos e negros é mito, afirma ativista social de Cajazeiras

OPORTUNIDADE

VÍDEO: Primeira etapa de venda do melhor loteamento do Sertão da PB continua aberta; saiba as vantagens