header top bar

section content

LUTO: Funcionária de emissora de rádio cajazeirense é internada e horas depois morre no HRC

Dona Marilene era muito conhecida na Terra do Padre Rolim e por muito tempo trabalhou na cantina da Rádio Arapuan FM.

Por Luiz Adriano

01/05/2021 às 13h52 • atualizado em 01/05/2021 às 14h15

Marilene Alves da Silva, de 53 anos de idade (Foto: Arquivo DS)

Morreu na manhã deste sábado (01), no Hospital Regional de Cajazeiras (HRC) a senhora, Marilene Alves da Silva, de 53 anos de idade. Dona Marilene era muito conhecida na Terra do Padre Rolim e por muito tempo trabalhou na cantina da Rádio Arapuan FM da cidade de Cajazeiras.

Segundo informações da assessoria de comunicação do Hospital Regional de Cajazeiras, Marilene deu entrada na unidade hospitalar na noite desta sexta-feira (30/04), às 19h47, sentindo um mal-estar e veio a falecer às 9h da manhã deste sábado (1º).

Ao Portal Diário do Sertão, a ASCOM do HRC, informou que Dona Marilene faleceu vítima de Sepse ou sépsis (antigamente conhecida como septicemia ou ainda infecção no sangue) é uma doença complexa e potencialmente grave. É desencadeada por uma resposta inflamatória sistêmica acentuada diante de uma infecção, na maior parte das vezes causada por bactérias.

Amigos e familiares informaram que o pai de Marilene morreu no sábado (24/04) passado.

VEJA MAIS:
VÍDEO: Jornalista Gutemberg Cardoso recebe a primeira dose da vacina contra a Covid-19

VELÓRIO E SEPULTAMENTO

O Velório está acontecendo na sua residência, no Vale das Palmeiras, no setor Leste de Cajazeiras. O sepultamento acontecerá neste domingo (02), às 09 horas, no Cemitério da cidade.

HOMENAGEM

O empresário João Gregório, proprietário do Sistema Arapuan, lamentou a morte de Dona Marilene. Quem também lamentou a passagem de Dona Marilene foi o radialista Ângelo Lima: “A Mulher do Café da Arapuan como era conhecida, vai deixar saudades, Vá com Deus minha amiga”.

Em 2015, o radialista Petson Santos fazia parte da equipe da Arapuan FM de Cajazeiras e comemorou o aniversário de Dona Marilene junto com toda equipe da época (Foto: Arquivo).

O diretor administrativo do Sistema Diário de Comunicação, Petson Santos lembra de Marilene da época que trabalhou na Arapuan: “Uma mulher de fibra e coragem, sempre sorridente. Deixará saudade, que Deus acolha no Reino do Céu e conforte sua família”.

DIÁRIO DO SERTÃO

COMPLICADO

VÍDEO: Vereador afirma que é difícil encontrar o prefeito de Itaporanga na cidade e faz denuncias

COMPLICADO

VÍDEO: Prefeito de cidade da região de Patos desconhece dados da pandemia da Covid-19 e sobre vacinação

LUTO

VÍDEO: Tio de Jeová, ex-vice-prefeito de Cachoeira morre aos 80 anos; políticos prestam homenagens

SITUAÇÃO DIFÍCIL

VÍDEO: Estudantes de Cajazeiras protestam após gestão de Zé Aldemir multar professor em R$ 5 mil e ameaçar aluna de prisão

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!