header top bar

section content

VÍDEO: Governador rebate Zé Aldemir sobre “obra eleitoreira” e diz que desconhece obras do prefeito

João Azevêdo rebateu declarações do prefeito de Cajazeiras, de que a recuperação e ampliação da Avenida João de Sousa Maciel, que ligará o Centro à BR-230, seria uma "obra eleitoreira"

Por Jocivan Pinheiro

14/05/2021 às 18h29 • atualizado em 14/05/2021 às 18h32

Em entrevista exclusiva à TV Diário do Sertão direto da Granja Santana, sede do Governo do Estado em João Pessoa, o governador João Azevêdo (Cidadania) rebateu declarações do prefeito de Cajazeiras, José Aldemir (PP), de que a recuperação e ampliação da Avenida João de Sousa Maciel, que ligará o Centro à BR-230, seria uma “obra eleitoreira”.

Em resposta a Zé Aldemir, o governador disse que desconhece obras do prefeito em Cajazeiras; que não executa obras avaliando quais prefeitos são aliados ou opositores, mas sim pensando nas necessidades da população; e ressaltou que, por ser uma obra considerada pequena, a Prefeitura de Cajazeiras deveria ter assumido ela, mas já que não assumiu, o Governo do Estado decidiu fazê-la.

“É uma pequena obra. A Prefeitura de Cajazeiras já podia ter feito aquela obra e eu não sei por que ela não fez, e nós decidimos fazer aquela entrada”, falou João Azvêdo.

VEJA TAMBÉM: Em entrevista exclusiva, governador fala de obras e ações para o Sertão e responde a jornalistas e prefeitos

Governador João Azevêdo e o deputado estadual Júnior Araújo observam o final da Avenida João de Sousa Maciel, em Cajazeiras, que será ligada à BR-230

O governador lamentou que ainda se discuta política em torno de obras e ações de governo e esclareceu que a lentidão na obra de pavimentação da estrada que liga a BR-230 ao Distrito de Engenheiro Avidos é consequência de questões burocráticas com a empresa, mas reiterou que os recursos financeiros estão na conta e garantiu que está tomando providências para que ela retome o ritmo normal.

“É com tristeza que na Paraíba ainda se discuta ou se tente fazer política com esse tipo de observação. Eu não sei se o gestor de Cajazeiras faz muitas obras lá, eu não conheço as obras que ele faz em Cajazeiras e talvez ele não saiba a dificuldade que se tem muitas vezes numa obra quando se contrata uma empresa e ela, por qualquer motivo, paralisa a obra, você tem que rescindir o contrato e fazer uma nova licitação para ficar dentro da legalidade. Mas o prefeito e a população podem ficar tranquilos que o dinheiro está em conta para fazer a obra, então não vai faltar dinheiro”, frisou o governador.

“Eu não faço política olhando se o prefeito é oposição ou aliado para poder executar a obra. Se fosse assim nós não teríamos feito e nem estaríamos fazendo tantas obras em Cajazeiras. Essas obras estão sendo feitas porque a população da cidade merece”, completou.

DIÁRIO DO SERTÃO

'DEUS TÁ NA FRENTE'

VÍDEO: Dra. Paula pede orações após Zé Aldemir ser transferido para hospital Sírio Libanês em São Paulo

BAIXOU O NÍVEL

VÍDEO: Durante sessão da Câmara, vereador manda colega ‘enfiar a língua naquele canto’, em cidade da PB

PRESENTE MELHOR NÃO HÁ

VÍDEO EMOCIONANTE: Jovem da região de Cajazeiras que estava intubada em hospital de João Pessoa, acorda um dia antes do aniversário

DISCORDÂNCIA

VÍDEO: Vereador de Ipaumirim relata mudanças em PL que trata sobre alienação de prédios públicos

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!