header top bar

section content

Cristo Rei de Cajazeiras é pichado em protesto contra o presidente: ‘’Cristo livrai-nos do Bolsonaro’’

O monumento do Cristo Rei foi revitalizado há quase um mês, quando da comemoração de 82 anos de instalação do marco cristão na cidade de Cajazeiras

Por José Dias Neto

11/07/2021 às 18h54 • atualizado em 11/07/2021 às 18h57

Cristo Rei de Cajazeiras é alvo de pichação contra Bolsonaro. Foto: Reprodução / Instagram

O monumento do Cristo Rei de Cajazeiras, localizado no morro que possibilita uma vista panorâmica da cidade, foi pichado em ato contra o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), na madrugada deste domingo (11). Vândalos escreveram ‘CRISTO, LIVRAI-NOS DO BOLSONARO’.

O monumento do Cristo Rei foi revitalizado há quase um mês, quando da comemoração de 82 anos de instalação do marco cristão, que tem sua beleza ‘manchada’ com antenas e parafernálias ao longo da história.

Os autores da pichação não foram identificados pelas autoridades. A foto foi divulgada nas redes sociais, mas não houve registro formal na Central de Polícia.

VEJA MAIS: 

VÍDEO: Cristo Rei completa 82 anos abandonado e depredado; padre cobra promessa de revitalização

Diante da pichação, a prefeitura de Cajazeiras deverá providenciar uma nova pintura no monumento.

O MARCO CRISTÃO

A estátua do Cristo Rei foi doada pelo cajazeirense Silvino Bandeira de Melo, pai do médico Júlio Maria Bandeira de Melo, e inaugurada em 15 de junho de 1939.

A PICHAÇÃO É CRIME?

Pichação é considerada essencialmente transgressiva, predatória, visualmente agressiva, contribuindo para a degradação da paisagem, vandalismo desprovido de valor artístico ou comunicativo. Costumam ser enquadradas nessa categoria as inscrições repetitivas, bastante simplificadas e de execução rápida, basicamente símbolos ou caracteres um tanto hieroglíficos, de uma só cor, que recobrem os muros das cidades.

A pichação é, por definição, feita em locais proibidos e à noite, em operações rápidas, sendo tratada como ataque ao patrimônio público ou privado, e portanto o seu autor está sujeito a prisão e multa.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Colunista detona políticos corruptos e critica apoiadores que dizem “rouba, mas faz”

NO EXERCÍCIO DE 2012

VÍDEO: MPPB investiga ex-prefeito de Cajazeiras por suposta apropriação indébita previdenciária no IPAM

SUBIU O TOM

VÍDEO: Vereadora aliada de Tyrone critica Secretaria de Saúde e diz que existe fila para exames simples

CORAJOSO

VÍDEO: Homem que dorme em cemitério no Alto Sertão diz que não tem medo: “todo mundo tá morto mesmo”

Recomendado pelo Google: