header top bar

section content

VÍDEO: Cristo Rei completa 82 anos abandonado e depredado; padre cobra promessa de revitalização

Sonho antigo da população de Cajazeiras é que o poder público retire do local as antenas de rádio, internet e telefonia para revitalizar o morro e torná-lo destino do turismo religioso

Por Jocivan Pinheiro

15/06/2021 às 19h46 • atualizado em 15/06/2021 às 19h48

Há 82 anos era instalada no morro que proporciona uma vista panorâmica de Cajazeiras, a estátua do Cristo Rei. Ao longo de tanto tempo, a cidade sonha com a revitalização do espaço e a retirada das antenas que ‘mancham’ a beleza do monumento.

Padre Francivaldo do Nascimento Albuquerque foi até o local na manhã desta terça-feira (15) e ficou perplexo ao ver que a imagem está cercada de mato e danificada. A situação indica que o espaço não recebe melhorias em sua infraestrutura para alavancar a atratividade turística em Cajazeiras.

Assim como já havia feito há dois anos, padre Francivaldo criticou os gestores que prometeram revitalizar o ponto turístico e nada fizeram.

“Quem ficou responsável, que faça num tempo hábil”, reiterou o padre. “Ainda bem que não houve homenagem aqui, para não ver o Cristo ladeado de mato e ainda depredado nas suas mãos”, completa o sacerdote, em tom irônico.

VEJA TAMBÉM

Cajazeiras celebra 80 anos do Cristo e padre critica gestões: “O Cristo Rei se tornou objeto da mentira”

A estátua do Cristo Rei foi doada pelo cajazeirense Silvino Bandeira de Melo

História e abandono

Em 2019, quando o Cristo completou 80 anos, houve uma celebração presidida pelo própro padre Francivaldo aos pés da imagem. Na ocasião, o padre cutucou as gestões públicas e a sociedade civil organizada para dar mais atenção ao local.

Um sonho antigo da cidade é que o poder público retire do local as antenas de rádio, internet e telefonia para revitalizar o morro e torná-lo destino do turismo religioso.

A estátua do Cristo Rei foi doada pelo cajazeirense Silvino Bandeira de Melo, pai do médico Júlio Maria Bandeira de Melo, e inaugurada em 15 de junho de 1939.

DIÁRIO DO SERTÃO

NA CHEGADA A CAJAZEIRAS

EXCLUSIVO: Chorando, ‘Galega da Asa’ diz que perdeu a cabeça ao ser agredida e pede perdão à sua mãe e à mãe da vítima: “Eu acabei com duas famílias”

MENOS DE ZERO GRAU

VÍDEO: Biólogo lamenta temperaturas baixas em São Paulo, perdas na lavoura e população de rua abandonada

MAIS UM MUTIRÃO

VÍDEO: População reclama de demora e longas filas para receber ficha de vacinação em Cajazeiras

DESCASO

VÍDEO: Moradores denunciam mais um lixão crescendo em terrenos de loteamento em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!