header top bar

section content

VÍDEO: Gerente da Cagepa explica problema de falta d’água e qualidade ruim em São José de Piranhas

Há alguns dias, moradores do Bairro São Francisco vêm reclamando de falta d'água e também da qualidade do líquido

Por Jocivan Pinheiro

10/12/2021 às 16h49 • atualizado em 10/12/2021 às 16h52

Há alguns dias, moradores do Bairro São Francisco, em São José de Piranhas, vêm reclamando de falta d’água e também da qualidade do líquido. Imagens enviadas ao programa Olho Vivo mostram água muito escura saindo das torneiras.

O gerente regional da Cagepa, Cleudesmar Alexandre, participou do Olho Vivo nesta sexta-feira (10) e explicou que a falta d’água foi provocada por um vazamento na rede de distribuição.

Segundo Cleudesmar, o vazamento foi resolvido, mas o retorno da água é gradual por causa da distância e da altitude do bairro. Além disso, a rede de distribuição do São Francisco possui menor diâmetro, o que dificulta a vazão da água.

Ele explica, ainda, que a água tem dificuldade de chegar às residências desse bairro porque existe um problema de pressão. Outro fator é que o consumo da cidade está bem maior que a oferta neste período do ano.

VEJA TAMBÉM

Asfaltamento da estrada do Gravatá vai potencializar agricultura e turismo, comemoram produtores

Moradores reclamam de falta d’água e também da qualidade do líquido (Fotos: Redes Sociais)

Cleudesmar disse que a Cagepa estuda três possibilidades de melhorar o abastecimento do Bairro São Francisco. A primeira, que seria urgente mas não definitiva, é armazenar no reservatório de compensação parte do volume de água que abastece a cidade para redirecionar ao bairro.

O segundo plano, esse em médio prazo, seria utilizar um booster de vazão, equipamento que pressuriza a água na rede de distribuição. A terceira via, essa em longo prazo, seria construir um reservatório elevado e ampliar a rede de distribuição.

“Se a gente conseguir equilibrar a vazão do sistema, nós vamos ter pressão suficiente para que a água suba e possa encher os reservatórios em todas as residências de São João de Piranhas. Mas eu só posso falar isso de forma mais segura a partir da próxima terça-feira porque, caso a gente continue com alguns imóveis sem receber água, a gente vai ter que partir para os outros dois planos”, avisou Cleudesmar.

Com relação à qualidade da água, ele explica que, no geral, é boa, mas as escavações que foram feitas para consertar o vazamento podem ter provocado a sujeira.

DIÁRIO DO SERTÃO

NOVA GESTÃO

VÍDEO: Gerente regional de educação destaca projetos em funcionamento em escolas da região de Cajazeiras

LUTO

VÍDEO: Duas mortes durante o fim de semana na cidade de Itaporanga causam comoção no Vale do Piancó

ELEIÇÕES 2022

VÍDEO: “Aceito esta realidade com a cabeça erguida”, diz Doria ao desistir de pré-candidatura

ROMPIDOS

VÍDEO: João Azevêdo diz que Efraim decidiu pelo seu próprio caminho: “Não posso escolher por ninguém”

Recomendado pelo Google: