header top bar

section content

Prefeitos vão a Justiça contra mudança do destino do Samu no Sertão

Lavoisier Dantas, de São João do Rio do Peixe, e Domingos Neto, de São José de Piranhas, querem saber o por quê de última hora as unidades terem sido transferidas para outras cidades.

Por

24/12/2009 às 07h24

Os prefeitos de São João do Rio do Peixe, Lavoisier Dantas, e de São José de Piranhas, Domingos Neto, anunciaram disposição de acionar a Justiça para questionar por quê as duas cidades de última hora não receberam unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), conforme já havia sido acertado.

Os gestores ressaltaram que investiram recursos para preparar a instalação do Samu nos munícípios. Além do mais, a populaçã estava ansiosa e feliz pela conquista e terminou frustrada com a decisão repentina de transferir as unidades para Bonito de Santa Fé, Triunfo e Uiraúna.

lamentou que o posto do SAMU que estava previsto para aquela cidade, não será mais instalado, afirmando também que a população estava ansiosa com o novo serviço de saúde que o município ganharia, e que foi uma falta de respeito com a cidade e seu povo, garantindo que acionará a justiça para rever o prejuízo.

Direitos
“Esta ação é irresponsável porque quem perde com isso é a população e nós direcionamos recursos públicos para adequar as instalações, e inclusive fomos cobrados pela secretária de Saúde de Cajazeiras, Drª Raelza, para que colocássemos tal investimento em prática o mais rápido possível, ou seja, fizemos tudo como devia ser feito e deslocamos recursos pessoais para isso, inclusive foi realizado uma pré-seleção de todo o pessoal que irá trabalhar, pois não desistiremos dessa ação, e irei buscar os direitos do município, e de todo o vale do Rio do Peixe nessa questão”, argumentou Lavô.

Interferência
Ele também afirmou que não sabe até que ponto alguma decisão política poderia ter modificado este benefício, já que tecnicamente a posição geográfica tanto de São João do Rio do Peixe como de São José de Piranhas são adequadas para estes postos do SAMU.

Luta
Já o prefeito de São José de Piranhas, Domingos Neto, também se mostrou indignado com a decisão do Ministério da Saúde, declarando que também fez sua parte para preparar as instalações a fim de receber o posto do SAMU, e que depois de tantos esforços foi surpreendido.

“Eu realizei um investimento que atendeu a todas as exigências para a implantação do posto do SAMU, porém tal ação não foi realizada, mas isso não ficará assim, pois tanto eu, como Lavoisier, acionaremos a justiça para que nossas cidades tenham o direito de receber este benefício que é tão importante para cuidar da saúde da nossa população”, finalizou Doming.

RAQUEL ALEXANDRE
Da redação do Diário do Sertão

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”