header top bar

section content

Prefeita Glória Geane suspende pagamento de funcionários fantasmas

A prefeita de Uiraúna, Dra. Glória Geane, baixou decreto no último dia 24 de setembro suspendendo o pagamento de todos os servidores municipais que não estão comparecendo ao seu devido local de trabalho. A prefeitura justifica que, além da irregularidade que o servidor comete ganhando sem trabalhar existe o outro lado da crise financeira que […]

Por

28/09/2009 às 15h14

/A prefeita de Uiraúna, Dra. Glória Geane, baixou decreto no último dia 24 de setembro suspendendo o pagamento de todos os servidores municipais que não estão comparecendo ao seu devido local de trabalho.

A prefeitura justifica que, além da irregularidade que o servidor comete ganhando sem trabalhar existe o outro lado da crise financeira que exige medidas duras de cortes de gastos e despesas. 

Norma
Geane salientou que o dever de cada servidor é cumprir o seu horário de expediente, fazendo sua parte para manter os serviço público municipal eficiente. Faltando ao trabalho sem justificativa alguma, o empregado prejudica o bom andamento da administração.

O decreto determina também que seja enviada à Procuradoria Geral do Município uma lista com os nomes e documentos dos funcionários que não estão comparecendo ao trabalho. Com essa lista a Procuradoria deverá fazer abertura de procedimento administrativo, apurando possíveis irregularidades e descumprimento do Estatuto dos Servidores Públicos, punindo assim o funcionário de acordo com a Lei. 


Da redação do Diário do Sertão

Com Portal Cofemac

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”