header top bar

section content

Vereadora Léa Silva aciona Justiça no caso do prédio da antiga Conab

A vereadora alega não ter recebido a convocação para a sessão que permitiu a revogação da sessão de uso do prédio em discusão na justiça.

Por

28/08/2009 às 15h18

Mais um round será travado na justiça, no caso da cessão de uso do prédio da antiga CONAB, a vereadora Léa Silva (DEM), promete acionar a Justiça afirmando não ter sido convocada para a sessão extraordinária, que votou as mudanças na Lei que foi votada na Câmara que permitiu a prefeitura municipal revogar a sessão de uso. 

O prédio já havia sido cedido pela prefeitura de Cajazeiras, a empresa A.S. industria Têxtil, de propriedade do empresário Assis Auto Peças. 

A vereadora entrou com um pedido de anulação da sessão que votou a revogação do termo de concessão de uso do prédio da antiga CONAB. 

O presidente da Câmara Municipal, vereador Marcos Barros, afirma que a convocação foi feita por telefone e através de edital divulgado na imprensa. 

A briga ainda deverá ter vários capítulos e enquanto não se define legalmente, a empresa continua investindo na instalação das máquinas, que no inicio de setembro estará começando o seu funcionamento, segundo Gean Carlos, diretor da empresa. 

Da Redação do Diário do Sertão

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Governador João Azevêdo fala sobre o afastamento político com Ricardo Coutinho e mudanças no Governo

TRAGÉDIA

VÍDEO E FOTOS: Delegado dá detalhes do grave acidente próximo a parque de vaquejada em Cajazeiras

ESPERANÇA

VÍDEO: Presidente da OAB declara que luta pela permanência da Vara do Trabalho de Cajazeiras não acabou

ENTREVISTA

VÍDEO EXCLUSIVO: Governador anuncia obras no Sertão, esclarece polêmicas e fala de relação com Ricardo