header top bar

section content

Uso de doping leva à exclusão da Rússia das competições até 2023

A Rússia foi o mais recente caso conhecido a receber uma punição

Por Assessoria

21/12/2020 às 16h07

Teste Antidopping

O cassino online Royal Vegas nos recordou em seu artigo que o doping é um problema comum, mesmo entre atletas conceituados. Recentemente a Rússia sofreu sanções devido ao uso de substâncias ilícitas. Saiba mais sobre a regulação do doping e a pena aplicada à Rússia.

No mundo dos esportes profissionais, o uso de doping tem sido referido por inúmeras vezes e alguns casos bem polêmicos fizeram com que as políticas antidoping fossem se tornando mais estritas, exigindo testes aos atletas e aplicando penas cada vez mais pesadas em caso de incumprimento.

A Agência Antidoping (WADA) é a responsável pela regulação dessa questão ao redor do globo. Além de acompanhar as pesquisas para compreender a legitimidade ou ilegitimidade de seu uso, esta é responsável pela concretização dos testes e pela regulação das competições.

A intenção da aplicação das normas, bem como a atribuição de pesadas sanções, visa criar um espaço de competição mais equilibrado, igualitário e seguro; para que todos os atletas possam competir com iguais chances de vitória, dependendo somente de suas capacidades pessoais.

Tendo entrado em situação de incumprimento pelo uso de estupefacientes, a Rússia foi o mais recente caso conhecido a receber uma punição. Recentemente, este país foi proibido de participar em competições internacionais por dois anos. Saiba mais.

A regulação do doping internacional e o caso russo

A WADA – Agência Mundial Antidoping – surgiu na sequência de um dos maiores escândalos de todos os tempos no mundo dos esportes quando o ciclismo ficou no centro das atenções internacionais por entre uma polêmica de uso de substâncias proibidas.

A WADA surgiu, então, como entidade responsável pela investigação e regulação da questão do doping nos esportes.

Para fazer seu trabalho, essa agência se foca nas pesquisas sobre variadas substâncias, tendo o poder de as integrar ou remover de sua lista, de acordo com as novas evidências. O CBD, por exemplo, foi recentemente removido da listagem da WADA devido a seus inúmeros benefícios.

Por norma, quando se depara com situações de doping, essa agência faz a proposta das sanções a aplicar, embora a decisão final caiba ao TAS (Tribunal Arbitral dos Desportos). As punições visam combater o recurso ao doping nos esportes internacionais.

TAS exclui a Rússia das competições até 2023

O Tribunal Arbitral dos Desportos (TAS) avaliou o incumprimento russo e seu recurso ao doping para a atribuição da sentença justa perante esta ilegalidade.

A proposta da WADA havia sido para a exclusão da Rússia de todas as maiores competições por 4 anos (o que impediria o país de participar até ao ano 2025). Ainda assim, o TAS considerou que dois anos seria a pena mais justa, impedindo a presença dos russos nas competições de 2021 e 2022.

A Rússia não poderá, por isso estar presente em torneios como os Jogos Olímpicos de Tóquio, os Jogos de Inverno de Pequim ou o Campeonato do Mundo de Futebol do Qatar. Os Jogos Olímpicos de Paris (a realizar em 2024), no entanto, poderão contar com a presença russa.

BOA NOTÍCIA

VÍDEO: Trecho que vai levar água da transposição para Cajazeiras será concluído em julho de 2021

SAÚDE

VÍDEO: Secretário de saúde diz que a PB está pronta para receber vacinas, mas presidente adia campanha

COLAPSO

VÍDEO: Empresário cajazeirense que mora em Roraima revela que oxigênio deve acabar em 14 dias

SAÚDE

VÍDEO: Após crise no Amazonas, diretor do Hospital Regional diz se o oxigênio pode acabar em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!