header top bar

section content

Sem palha e com máscaras mais assustadoras, jovens da região tentam manter viva a tradição dos ‘caretas’ na cidade de Cajazeiras – Assista!

Segundo a tradição, os caretas perambulam pela cidade durante três dias em busca de esmolas para reparar e tentar confraternizar Judas com Jesus

Por Jocivan Pinheiro

12/04/2017 às 16h34 • atualizado em 12/04/2017 às 16h57

Todos os anos, quando se aproxima os feriados da Semana Santa, várias crianças, adolescentes e até adultos saem às ruas de Cajazeiras fantasiados com roupas velhas esfarrapadas ou cobertos de palha de bananeira e usando máscaras assustadoras para pedirem comida de porta em porta. Esses personagens do folclore nordestino são os ‘judas’ ou ‘caretas’, e o alimento doado pelos moradores é chamado de ‘jejum’.

Segundo a tradição, os caretas perambulam pela cidade durante pelo menos três dias em busca de esmolas para reparar e tentar confraternizar Judas com Jesus, conforme a visão bíblica da história. Eles costumam usar chocalhos para anunciar sua chegada e emitem grunhidos que assustam as crianças.

VEJA TAMBÉM: Presidente Temer será ‘malhado’ em cidade da região de Cajazeiras no tradicional rito folclórico da Semana Santa

Líder dos caretas de São José de Piranhas

Alguns poucos grupos de Cajazeiras e cidades vizinhas mantêm viva a tradição. É o caso de uma turma de São José de Piranhas que visita diversos municípios realizando a ‘pedição’ e vão parar até na região do Vale do Piancó.

Segundo o líder, o grupo já existe há 12 anos. Atualmente nenhum membro usa palha seca como fantasia. Um dos motivos é que estaria provocando reações alérgicas. Porém, além dessa justificativa, os caretas sem palha refletem uma realidade cada vez mais iminente no Nordeste: o fim das tradições folclóricas seculares.

A dona de casa Josefa Inácio torce para que a tradição volte a ser como antes: “Eu acho muito bonito. Todo ano eles passam por aqui e eu sempre ajudo. Eu quero que continue. Eu achei que está pouca gente. Eu espero que continue e cresça o grupo.”

DIÁRIO DO SERTÃO

ORÇAMENTO DEMOCRÁTICO ESTADUAL

VÍDEO: Durante ODE, Governo destaca recursos de R$ 297 milhões nas regiões de Catolé, Princesa e Pombal

NO SOL

VÍDEO: Em Sousa, mototaxistas falam sobre corte de árvore no HRS e fazem apelo à prefeitura: “A gente não tem pele de morcego”

FATOR PSICOLÓGICO

VÍDEO: Delegada usa exemplo do caso DJ Ivis e explica o porquê de mulheres não denunciarem agressores

ELEIÇÕES EM SOUSA

EXCLUSIVO: Leonardo revela seu apoio para federal, nega racha com André e comenta saída de Myriam do PSC

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!