header top bar

section content

Paraíba gera saldo positivo de emprego pelo 4º mês seguido

Os dados são da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, com base no Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged).

Por Secom-PB

27/11/2020 às 08h12

Mesmo com as adversidades causadas pela pandemia para a maior parte da atividade econômica, o segundo semestre tem sido de retomada de empregos.

Apontando para a retomada do crescimento econômico, a Paraíba gerou pelo quarto mês seguido saldo positivo no mercado de trabalho com carteira assinada. Em outubro, o Estado criou 13.000 novas vagas contra 11.563 desligamentos, o que resultou em um saldo de 1.437 postos. Os dados são da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, com base no Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged).

Mesmo com as adversidades causadas pela pandemia para a maior parte da atividade econômica, o segundo semestre tem sido de retomada de empregos. Todos os meses do segundo semestre registraram saldos positivos: julho (1.512), agosto (9.649), setembro (1.933) e, agora, outubro (1.437).

Em outubro, os setores da economia do Estado, que mais contribuíram para o saldo positivo foram o comércio (+1.184) e a construção (+760). Logo depois vieram a indústria (564) e agropecuária (167). Já o setor de serviços foi mais uma vez o único dos grandes setores que registrou baixa em vagas em outubro (-1.238 postos).

Cenário regional – Todas as cinco regiões do País criaram empregos com carteira assinada em outubro. O Sudeste liderou a abertura com saldo de 186.884 vagas, seguido do Sul (92.932) e em terceiro pelo Nordeste (69.519). Em quarto veio à região Centro-Oeste (25.024) e em quinto o Norte (20.658).
Também pelo quarto mês seguido, o país criou empregos formais. Segundo dados do Caged, 394.989 vagas com carteira assinada foram abertos no último mês, resultado de 1.548.628 admissões e de 1.153.639 desligamentos, segundo o Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged).

COLAPSO

VÍDEO: Empresário cajazeirense que mora em Roraima revela que oxigênio deve acabar em 14 dias

SAÚDE

VÍDEO: Após crise no Amazonas, diretor do Hospital Regional diz se o oxigênio pode acabar em Cajazeiras

VAMOS AJUDAR

VIDEO: Dona de casa chora ao fazer apelo por comida e medicações em Cajazeiras: ‘Tenho dois filhos’

NOS BRAÇOS DO POVO

VÍDEO: Vereador da região de Sousa que tomou posse dentro da prisão é recebido com festa pela população

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!