header top bar

section content

População de CZ será envolvida em projeto que une turismo e sustentabilidade; entenda!

Uma das principais vantagens do projeto é ser de baixo custo

Por

03/08/2015 às 15h36

A Prefeitura de Cajazeiras apresentou um projeto inovador que une turismo, sustentabilidade e desenvolvimento social. O evento ocorreu na última sexta-feira (31) no antigo Pólo de Confecções, com as presenças do vice-prefeito e de secretários municipais. 

A ideia do projeto Reciclarte é usar matéria prima reciclável para confeccionar objetos artísticos, e a primeira experiência deverá ser mostrada à população durante as festas de fim de ano.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Kaliel Conrado, o projeto ainda está sob avaliação para receber melhorias e definir detalhes da logística de produção e assistência social. Mas já se sabe que, neste primeiro momento, ele vai envolver catadores de lixo e artesãos na confecção de árvores de natal com garrafas pet.

“Vamos produzir árvores de natal usando garrafas pet. O projeto base foi apresentado para que possamos nos próximos dias iniciar a confecção, contando com o envolvimento e colaboração de cada secretaria”, disse Kaliel.

?

De acordo com a assistente de planejamento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Danuza Cléa uma das principais vantagens do projeto é ser de baixo custo, o que deverá amenizar os gastos públicos com decoração natalina.

“O projeto vai embelezar a cidade de Cajazeiras na época de natal com um baixo custo. O material será recolhido através da própria população”, disse.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
SHOW AO VIVO

VÍDEO: Banda da cidade de Baixio, no Ceará, agita o programa Balanço Diário com sucessos do forró

PROGRAMA PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Professora e alunos falam sobre a importância da campanha Setembro Amarelo para prevenir suicídio

SETEMBRO AMARELO

VÍDEO: Médico psiquiatra e padre de Cajazeiras debatem sobre causas, efeitos e prevenção ao suicídio

ENTREVISTA

VÍDEO: Pastor declara que católicos e evangélicos do Brasil devem se unir contra partidos de esquerda