header top bar

section content

Empresas de Cajazeiras estão entre as maiores contribuintes da PB e são homenageadas na capital

A solenidade de entrega dos certificados para as empresas que mais recolheram o imposto em 2014 ocorreu nessa quarta-feira (03) em João Pessoa.

Por

05/06/2015 às 16h50

As empresas N. Claudino, Transportes Marajó, Cavalcanti  & Primo e Grupo Rio do Peixe, todas de Cajazeiras, foram homenageadas pela Revista Resumo e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Paraíba (Fecomércio-PB) por estarem entre as 100 maiores contribuintes do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS).

Veja também:

? Projeto de Veneziano recompensa municípios com perdas ao conceder incentivos fiscais

?Lira confirma analise de projeto que torna livre de ICMS a energia elétrica produzida pelo usuário

A solenidade de entrega dos certificados para as empresas que mais recolheram o imposto em 2014 ocorreu nessa quarta-feira (03) em uma casa de recepções de João Pessoa. 

Dados do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) mostram que o principal tributo do Estado registrou crescimento nominal de 15,96% no ano passado, a segunda maior alta entre as unidades da federação do país, atrás apenas de Roraima (16,05%).

De acordo com os dados divulgados, o número de empresas dos segmentos econômicos que mais recolheram foram o atacadista (40%), o varejista (22%), indústria (21%) e serviços (18%).

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”