header top bar

section content

VÍDEO: Após visitarem lixão de Cajazeiras, alunos do Comercial fazem campanha e levam doação a catadores

A entrega de tudo que foi arrecadado aconteceu nesta quarta-feira (02) e foi feita pelos próprios alunos

Por Jocivan Pinheiro

02/08/2017 às 19h38

É comum nas escolas, em semanas festivas, os professores passarem trabalhos para os alunos se aprofundarem em determinados temas. Um dos mais recentes acontecimentos que chamou atenção no Colégio Estadual Monsenhor Constantino Vieira, o Comercial de Cajazeiras, foi a Semana do Meio Ambiente, no último mês de junho.

A professora de Química Liliane Pinheiro decidiu passar para os alunos temas ligados aos problemas causados pelo lixo no meio ambiente. Inicialmente eles decidiram vasculhar pela Internet, mas o assunto é amplo e eles tiveram a certeza de que deveriam conhecer de perto o lixão de Cajazeiras para saberem quais os problemas causados pelo acúmulo desordenado de lixo.

VEJA TAMBÉM: Colégio Comercial de Cajazeiras oferece cursos profissionalizantes no ensino médio pelo programa MedioTec

Catadores receberam alimentos e materiais arrecadados

A experiência foi tão impactante que os estudantes resolveram fazer uma campanha para arrecadarem alimentos, roupas, utensílios e outros materiais e doarem aos catadores. A entrega de tudo que foi arrecadado aconteceu nesta quarta-feira (02) e foi feita pelos próprios alunos.

“Eles viram as condições das pessoas daqui e ficaram sensibilizados com cada um, então fizeram um trabalho através da comunidade de Cajazeiras e graças a Deus deu certo. Hoje estamos aqui para realizar o trabalho que foi feito na escola”, destacou o diretor Fausto Albuquerque.

Os próprios alunos entregaram tudo que foi arrecadado

A estudante Vitória Gabrielly, de 17 anos, tinha ideia de que a vida de um catador de material reciclável não era nada fácil. Mas ter visto de perto a rotina deles, para ela foi um choque de realidade.

“A gente se sensibilizou, passou nas salas, são dezesseis turmas, fizemos nas redes sociais, passamos em supermercados, em todo tipo de local a gente passou pedindo ajuda”, relatou.

Catadores receberam alimentos e materiais arrecadados

No lixão existe várias famílias que sobrevivem apenas do lixo. Saber que através da ação da sua turma os catadores tiveram um dia mais alegre, deixou a jovem Ellen Ferreira feliz da vida.

“Foi muito gratificante. É muito bom a gente ver que podemos ajudar. Mesmo com pouca coisa, acho que a gente ajudou muito.”

Diretor Fausto Albuquerque também ajudou na entrega dos materiais

O trabalho dos alunos foi intitulado de LEC – Lado Esquecido da Cidade, e conseguiu arrecadar alimentos, roupas, calçados, material de higiene pessoal, utensílios para recém-nascidos, entre outros. A ação modificou o dia dos catadores, e eles agradeceram.

“Vai ajudar demais todos nós. Que Deus dê muitos anos de vida a eles e que eles sejam sempre assim, todos os alunos”, disse a catadora Maria Vanilda.

DIÁRIO DO SERTÃO

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo