header top bar

section content

VÍDEO: Brasil cultua jogadores de futebol e não cultua seus escritores, lamenta professor de Cajazeiras

Colunista do Direto ao Ponto lamentou o nível de conhecimento dos estudantes brasileiros e, por consequência, criticou a falta de investimentos dos governos na educação

Por Jocivan Pinheiro

13/08/2019 às 14h55 • atualizado em 14/08/2019 às 13h35

No Direto ao Ponto da semana, o professor e escritor Carlos Gildemar Pontes lamentou o nível de conhecimento dos estudantes brasileiros e, por consequência, criticou a falta de investimentos dos governos na educação.

Gildemar ressalta que o Brasil é um dos países mais atrasados do mundo no quesito conhecimento, e que isso se dá, sobretudo, pela falta de políticas públicas voltadas para uma boa estrutura escolar e acadêmica.

VEJA TAMBÉM: ‘Ataque da Lava Jato às estatais é brutal para a soberania do Brasil’, diz Gildemar Pontes

O colunista fala sobre uma conversa que teve com um amigo chileno que questionou como o povo brasileiro cultua tanto os jogadores de futebol – a exemplo de Neymar – e não cultua seus escritores.

Gildemar diz ainda que há mais bibliotecas em Buenos Aires, capital da Argentina, do que em todo o Brasil. E que o Ministério da Educação brasileiro está “entregue a uma pessoa incapaz de compreender processos educacionais”, referindo-se ao ministro Abraham Weintraub.

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

QUE VENHA MAIS

VÍDEO: em poucos minutos, chuva forte alaga cidade na região de Cajazeiras: “Virou mar”, diz internauta

DETALHES

VÍDEO: Tenente do Corpo do Bombeiros conta como aconteceu a morte de irmãos em açude no Vale do Piancó

RESGATE HISTÓRICO

VÍDEO: Memorialista que conviveu com Luiz Gonzaga diz que havia incompatibilidade ente ele e Gonzaguinha

'CIDADE EDUCADORA'

VÍDEO: Na Câmara, professores aplaudem prefeito de Monte Horebe por aumento salarial acima do piso