header top bar

section content

VÍDEO: ‘Ministro garantiu orçamento’ para proposta de criação do IF Sertão, diz diretor do IFPB de Sousa

Milton Ribeiro garantiu orçamento para o projeto de reordenamento de Institutos Federais, entre os quais o IFPB, com a possibilidade de criar dez novas instituições, resultantes de desmembramentos de suas organizações territoriais

Por José Dias Neto

24/09/2021 às 17h34 • atualizado em 24/09/2021 às 17h37

O diretor do campus Sousa do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Chiquinho Cicupira disse durante audiência pública da Câmara de Cajazeiras nesta quarta-feira (22), que o ministro da Educação, Milton Ribeiro garantiu orçamento para o projeto de reordenamento de Institutos Federais, entre os quais o IFPB, com a possibilidade de criar dez novas instituições, resultantes de desmembramentos de suas organizações territoriais, entre elas, o IF Sertão que passaria a contar com uma reitoria própria na região sertaneja.

Segundo Cicupira a garantia de orçamento foi dita pelo próprio ministro na reunião com os reitores em Brasília-DF.

VEJA MAIS: 

VÍDEO: Diretora do IFPB de Cajazeiras aponta ‘inconsistências’ do projeto que pretende criar o IF Sertão

‘’Eu fiz a pergunta ao reitor e o reitor me disse que o secretário executivo falou que se houver alguém que não queira quem vai decidir é o presidente da República. O próprio reitor falou que o ministério da Educalção em tratativas com o ministério da Economia do Paulo Guedes ele garantiu orçamento, então, essa dúvida não existe segundo as palavras do ministro que foram ditas ao reitor Cícero Nicácio’’, disse.

Reunião no ministério da Educação em Brasília-DF. Foto: Divulgação / Arquivo

O PROJETO

O Ministério da Educação (MEC) tirou da gaveta um Projeto de Lei que dispõe sobre o desmembramento do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) para criar o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão da Paraíba (IFSPB).

LUTA PELA REITORIA

Embora os números favoreçam tanto Sousa como Cajazeiras na disputa pela reitoria do IF Sertão, a influência política das outras cidades é um fator a ser levado em consideração. Nesse sentido, Patos tem mais peso por causa do deputado federal Hugo Motta (Republicanos).

IFPB de Sousa. Foto: Divulgação

A NOTA DO CONIF

O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF), que representa as instituições que integram a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, manifestou-se sobre a proposta de reordenamento apresentada pelo Ministério da Educação.

Em nota, o Conselho diz que a ‘’proposta de reordenamento não é nova e já havia sido cogitada em momentos anteriores, contudo, não houve, à exceção de algumas instituições, qualquer discussão mais apurada do tema, tão imperativa a uma ação dessa dimensão. O CONIF reconhece que, para algumas instituições, a criação de novas reitorias pode melhorar a gestão, redimensionar e aproveitar os traços geográficos, econômicos, sociais e culturais, dinamizar o fluxo de mobilidade nos territórios povoados pelos Institutos e abreviar longas distâncias entre os campi e suas Reitorias. Alguns pontos centrais, no entanto, antecedem este tema e merecem atenção do MEC’’.

DIÁRIO DO SERTÃO

TRAGÉDIA

VÍDEO: Chefe do DER de Cajazeiras conta detalhes do acidente na PB 400 e reconhece falhas de motorista

REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO

VÍDEO: Colégio Nossa Senhora do Carmo implantará Sistema Farias Brito a partir de 2022 em Cajazeiras

CIDADE EDUCADORA

VÍDEO: Além do 14º salário, prefeito de Monte Horebe anuncia bolsas de até R$ 6 mil para os professores

NA BR 230

VÍDEO EXCLUSIVO: Homem fica gravemente ferido após colisão com carro em rodovia da região de Pombal

Recomendado pelo Google: