header top bar

section content

Prefeitura da região de Sousa abre processo seletivo com 36 vagas e salários de até 7 mil

A maioria das vagas é na área de saúde

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

12/07/2019 às 09h40 • atualizado em 12/07/2019 às 09h45

A prefeitura de Nazarezinho, no Sertão da Paraíba, vai abrir inscrições para processo seletivo simplificado com preenchimento de 36 cargos.

O presente Processo Seletivo Simplificado destina-se ao preenchimento de 36 (trinta e seis) vagas existentes, em caráter temporário, cuja escolaridade e especificidades estão descritas nos Anexo I e II deste Edital.

As vagas
Serão preenchidas vagas para Agente Comunitário de Saúde, Agente de Combate à Endemias, Assistente Social, Assessor Jurídico, Educador Social CREAS, Enfermeiro ESF, Enfermeiro Plantonista, Médico ESF, Médico Veterinário, Nutricionista NASF, Odontólogo ESF, Orientador Social, Psicólogo, Técnico em Enfermagem ESF, Técnico em Enfermagem Plantonista, Visitador Social.

Período de Inscrições: de 15 a 19 de julho de 2019, no horário 7:30h às 11:30h e 13:00h às 16:00h
Local de Inscrição: na Secretaria de Finanças e Planejamento de Nazarezinho
Taxas de Inscrição: R$ 70,00 – Nível Médio e R$ 100,00 – Nível Superior (no ato da inscrição e deverá ser efetuada no caixa da Prefeitura Municipal)
Aplicação das Provas: 28 de Julho de 2019 – Horário: 08h às 11h.
Local de Prova: E. M. E. F. Maria do Carmo Pedroza Mendes, à Rua, Vereador Antonio Higino, Nº 1 – Nazarezinho/PB,

Confira aqui o EDITAL

Mais informações no site da prefeitura Clicando aqui

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: advogado sousense fala sobre a redução da maioridade penal. Você é contra ou a favor?

VÍDEO

Dra Paula fala sobre dificuldades na gestão do seu esposo em Cajazeiras e diz ser contra demissões

GOVERNO NO FOCO

VÍDEO: Professor comenta os impactos do fim do DPVAT, golpe na Bolívia e invasão à embaixada venezuelana