header top bar

section content

Caçadores de Pokémon tentam entrar no Senado e polícia é acionada

Polícia Legislativa foi chamada para controlar cerca de 50 pessoas, diz coluna

Por Campelo Sousa

26/08/2016 às 09h02

Pokémon Go é barrado no senado (Foto: Sergio Perez/Reuters)

A Polícia do Senado foi mobilizada no início da noite desta quinta-feira (25) para controlar um grupo de cerca de 50 pessoas que tentou entrar no prédio durante a sessão de julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

As informações são do blog de Matheus Leitão, do G1. Os agentes chegaram a achar que as pessoas eram manifestantes pró ou contra o impeachment, mas depois notaram que se tratavam de jogadores do game.

A segurança da áres do Congresso Nacional está reforçada devido a receios de protestos durante a sessão sobre o afastamento definitivo de Dilma. O acesso aos prédios também foi restrito.

A movimentação do grande número de pessoas gerou correria e assustou servidores que circulavam pelo local. Depois de serem retirados, os jogadores seguiram em direção ao Palácio do Planalto.

Notícias ao Minuto

INSUFICIÊNCIA RENAL

VÍDEO: médico revela que 30% dos pacientes que tiveram a COVID-19 precisarão passar por hemodiálise

CONFIRA OS NÚMEROS

VÍDEO: Pelo 2º dia consecutivo, Cajazeiras tem mais casos recuperados de Covid-19 do que confirmados

MANTENDO EM DIA

VÍDEO: Prefeito de São José de Piranhas anuncia data de pagamento de toda a folha salarial de julho

POSSIBILIDADES DA ÁGUA

VÍDEO: Padre diz que transposição só será aproveitada se Bolsonaro desbloquear recursos para a ciência

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!