header top bar

section content

Caçadores de Pokémon tentam entrar no Senado e polícia é acionada

Polícia Legislativa foi chamada para controlar cerca de 50 pessoas, diz coluna

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

26/08/2016 às 09h02

Pokémon Go é barrado no senado (Foto: Sergio Perez/Reuters)

A Polícia do Senado foi mobilizada no início da noite desta quinta-feira (25) para controlar um grupo de cerca de 50 pessoas que tentou entrar no prédio durante a sessão de julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

As informações são do blog de Matheus Leitão, do G1. Os agentes chegaram a achar que as pessoas eram manifestantes pró ou contra o impeachment, mas depois notaram que se tratavam de jogadores do game.

A segurança da áres do Congresso Nacional está reforçada devido a receios de protestos durante a sessão sobre o afastamento definitivo de Dilma. O acesso aos prédios também foi restrito.

A movimentação do grande número de pessoas gerou correria e assustou servidores que circulavam pelo local. Depois de serem retirados, os jogadores seguiram em direção ao Palácio do Planalto.

Notícias ao Minuto

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras