header top bar

section content

Padre Reginaldo Manzotti recebe macumba feita com sua camisa e desabafa: ‘Mandei um bicudão’

"O Diabo é um cão amarrado. Só morde quem dele se aproxima", declarou o religioso

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

31/10/2017 às 08h19

Padre fez revelações em entrevista no SBT (Foto: Divulgação / SBT )

Danilo Gentili recebe o Padre Reginaldo Manzotti no ‘The Noite’ desta segunda-feira, especial de Halloween. O religioso aproveitou a ocasião especial para falar sobre seu novo livro ‘Batalha Espiritual: Entre Anjos e Demônios’ e explica as origens do mal, os procedimentos que a igreja católica usa em casos de exorcismo e as maneiras de se proteger contra influências malignas. Além disso, o padre detalhou uma macumba que recebeu em sua garagem.

“O Diabo é um cão amarrado. Só morde quem dele se aproxima”, afirma. “Recebi uma macumba na frente da minha garagem, com um pedaço de uma camisa minha que tinha sumido. Eu falei ‘você não vai me atingir!’. Joguei água benta com sal e mandei um bicudão, foi parar no outro lado da rua”. Ele comenta ainda que já esteve cara a cara com o mal e tentou exorcizar uma menina. “Infelizmente fui mal sucedido”, conta ele, explicando que se viu obrigado a chamar outro padre para auxilia-lo, já que não é um exorcista oficial.

O religioso também polemizou ao dar sua opinião sobre o aborto. “Não sou de meias palavras. Uma pessoa que comete um aborto, no fundo carrega o peso de uma vida que ela tirou. Adultério, roubo, estorção, vingança. Isso deixa marcas na alma”, conta.

Notícias ao Minuto

Tags:

Recomendado para você pelo google

POBREZA EXTREMA

VÍDEO: Desempregada, doente e grávida, mulher faz apelo por ajuda em Cajazeiras para não passar fome

ESTUDO INÉDITO

VÍDEO: Expedição da FSM vai explorar o Nordeste para resgatar saberes populares sobre plantas medicinais

"ONIX, ONIX, ONIX"

VÍDEO: Festa retrô com banda dos anos 90 resgata carnaval com blocos tradicionais de Cajazeiras

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Após fazerem as ‘pazes’, Jeová e Júnior vão dividir cargos na saúde com Estela, diz comentarista