header top bar

section content

Golpe da recarga grátis pelo WhatsApp já fez mais de 26 mil vítimas

Recarga de R$ 70,00 em créditos é oferecida em troca do compartilhamento de um link malicioso pelo app

Por Notícias ao Minuto

19/04/2018 às 09h48

(Foto: Reprodução / Fotos Públicas)

Com a oferta tentadora de recarga de celular, um novo golpe vem sendo executado no WhtasApp. A mensagem já enganou mais de 26 mil usuários do aplicativo em menos de 24 horas. Na mensagem, a recarga de R$ 70,00 em créditos é oferecida em troca do compartilhamento de um link malicioso pelo app. Tal endereço leva à instalação de apps para gerar faturamento aos criminosos, e a recarga prometida nunca ocorre.

De acordo com o Tech Tudo, o ataque foi identificado pela PSafe, por meio do aplicativo DFNDR security. Segundo a empresa de segurança, as vítimas seguem crescendo e, aparentemente, está circulando apenas no Brasil.

No ciberataque, a página visitada pelas vítimas contém comentários falsos do Facebook que simulam usuários beneficiados com as recargas. Os depoimentos acabam encorajando a pessoa a compartilhar a mensagem com os amigos para ter o mesmo benefício.

Para sua proteção a este e outros ataque, é importante desconfiar de links recebidos em mensagens, mesmo que estas sejam enviadas por amigos ou familiares. Alguns aplicativos de segurança podem ajudar na tarefa, alertando sobre a presença de links perigosos. O DFNDR security conta com uma ferramenta anti-phishing capaz de identificar conteúdo suspeito no WhatsApp, Facebook Messenger ou em mensagens SMS. É possível encontrar recursos parecidos também em soluções como AVL e Avira.

Fonte: Notícias ao Minuto - https://www.noticiasaominuto.com.br/tech/580526/golpe-da-recarga-gratis-pelo-whatsapp-ja-fez-mais-de-26-mil-vitimas

"AQUI NESSA MESA DE BAR"

VÍDEO: Homenagem a garçons de Cajazeiras no programa Xeque-Mate tem música, drinks e boas histórias

SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico

APOIO DE CRAQUE

VÍDEO: Embaixador do Campeonato Paraibano, Hulk diz que está à disposição para ajudar clubes do Sertão

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

VÍDEO: Para advogado da OAB de Cajazeiras, investir em presídios e não em escolas é ‘enxugar gelo’