header top bar

section content

Mariana Moreira

Professora Universitária e Jornalista

Email: altopiranhas@uol.com.br

| 03/07/2020 08:55

Caos e esperanças

Como organizar a vida no caos? Essa se apresenta como a mais recorrente questão existencial que pulula em nosso cotidiano pandêmico. Abraços? Visitas frouxas e ocasionais? Rotinas de trabalho? Ora, afetos presenciais são abruptamente banidos de nossas necessidades culturais de humanidade. Trabalho, lazer, comportamentos banais saem de cena. O desafio de inventar a normalidade na […]


| 19/06/2020 09:57

Elegia ao Índio Pintor

Ao primeiro som do clarim que anuncia o reinado de Momo ele improvisa desajeitados passos de frevo e espraia pelo rosto sorrisos e alegrias de carnavais que irradiam por artérias, veias, vísceras desejos de fantasias e frutuosos dias de delírio. Do armário uma atualizada fantasia de índio com penduricalhos herdados como tributos de idos carnavais […]


| 11/06/2020 09:26

A doce sina do nome

Quando nasci, pelas mãos da parteira Mãe Ana Preá, em um final de tarde de agosto, meu pai decide me dar o nome de sua mãe, Mariana. Um nome comum, simples, mas que trazia o pesado e incômodo fardo de ser considerado nome de “velha”. E por minha infância e adolescência arrasto correntes pela herança […]


| 05/06/2020 09:28

Cantata para George e João

Por longos cinco minutos a voz foi reduzindo a intensidade. E o sinistro apelo, inicialmente potente, foi minguando em sussurros doloridos: Eu não consigo respirar! Eu não consigo respirar! Eu não consigo respirar! A violência ganha personalidade e legitimidade. Sem vida no solo jaz um homem, negro, trazendo na pele e na história experiências e […]


| 29/05/2020 10:10

Ser tão criança

A enfadonha melancolia de uma tarde de isolamento social se arrasta como se o tempo entrasse em outra dimensão: lento, descompassado, mal amanhado. Os sentidos, viciados em lerdeza, captam situações de desanimo e incerteza. Nada a fazer do tudo que tem a ser feito. Leituras esquecidas na pressa da normalidade e rotina não apetecem o […]


| 15/05/2020 08:27

Direito como invenção

Os liberais estufam o peito e gritam aos quatro ventos que o princípio basilar da vida moderna é o direito de todos de ir e vir. Esse argumento aparece com recorrência em tempos de pandemia e isolamento social. Vozes fascistas apregoam que ninguém pode ter, sob qualquer argumento, seu direito de livre trânsito limitado. Ora, […]


| 08/05/2020 08:19

Para Palado, uma esperança equilibrista

Na minha infância, nas bandas de Impueiras, a convivência com loucos era comum. Uma época distante do “politicamente correto” onde doido era doido mesmo e, para reforçar este estado mental, ainda se engordava essa classificação com “doido varrido”. Assim é que convivemos com Palado de Ciço Vilatino que era visita constante em nossa casa. Com […]


| 01/05/2020 12:52

“E daí?”

E daí? Simples palavras? Não. Estudiosos, – embora em tempos de terra plana a ciência seja suspensa a condição de excrecência -, apontam que as palavras não são inocentes. Mas, produções históricas que incrustam sentido ao que se narra, como se narra e como se registram as narrativas. Assim, o sociólogo francês Pierre Bourdieu argumenta […]


| 19/04/2020 15:17

Retalhos de memória

Por Mariana Moreira A Semana Santa, em tempos de pandemia e isolamento social, povoa minhas lembranças de rituais e experiências que marcam flagrantes de vida e réstias de infância. Um tempo em que, em todas as casas, das mais singelas as mais suntuosas, os santos são virados para a parede ou cobertos com panos de […]


| 31/01/2020 08:25

Haicais de memórias

Uma cara lembrança de minha infância é meu pai produzindo nossos cadernos escolares. Uma produção que tinha como matéria prima uma grossa e tosca agulha, fios de barbante e folhas de papel de embrulho. Papel adquirido, a preços módicos, na Bodega de Salustiano e, depois, de seu genro Zé Morais. Papel que era cortado no […]

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!