header top bar

section content

Radialista sousense diz que perseguição política lhe causou infarto e que Estatuto da Adolescência protege bandidagem

Ele elogiou e aprovou o governo André Gadelha afirmando que é um governo sério que tem compromisso com os funcionários

Por

14/08/2014 às 17h03

Radialista Donato Lopes foi o entrevistado da última terça no Frente a Frente

O programa Frente a Frente comandando pelo apresentador Jackson Queiroga recebeu nesta terça-feira (14) o radialista e comunitarista Donato Lopes que tem mais de 40 anos de atuação na comunicação sousense e sertaneja. De forma bastante aberta, ele respondeu a perguntas e contou sobre sua vida, seu casamento, seu trabalho em emissoras de rádio da cidade e suas opções políticas.

Com muita austeridade e convicção ele participou do famoso quadro “Que nota você dá” onde o entrevistado se depara com 10 envelopes cada um com um tema diferente, sem conhecimento prévio, tendo que dar nota zero ou dez, sem meio termo.

Notas dez
Ele deu nota máxima aos pais, ressaltando sua parceria com o pai que já é falecido, relatando a forte afeição mútua entre ambos e ressaltando o amor pela mãe que reside na cidade sorriso.

Ele elogiou e aprovou o governo André Gadelha afirmando que é um governo sério que tem compromisso com os funcionários e que tem dinamismo e se sobressaiu após o governo anterior, que segundo ele, não obteve sucesso.

Em relação à diminuição da maioridade penal ele além de reprovar deixou a entender que essa é uma das causas da impunidade que impera no país, pra ele a idade penal seria não de 16, mas, de 14 anos de idade. Segundo ele o Estatuto da criança e do adolescente não é benéfico para a sociedade. “O ECA que completou recentemente e11 ou 12 anos, tem contribuído muito para a criminalidade do Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente tem protegido demais a bandidagem”, asseverou.

Como carnavalesco e folião que é, previsivelmente deu nota dez aos desfiles das escolas de samba de Sousa revelando que, de forma consecutiva, conseguiu a incrível marca de 10 vitórias consecutivas nos desfiles da cidade de Sousa, “sou deca-campeão” concluiu.

Notas zero
Ele reprovou sete dos dez assuntos propostos: Imprensa sousense, ele deu zero à sua classe, porém, ressaltou que existem também colegas com ética e respeito com as pessoas; quanto à falta de incentivo ao esporte ele foi terminantemente contra exaltando a importância da prática esportiva, sobretudo aos jovens. Em um momento de indignação ele rechaçou a forma de como fazem imprensa os radialistas que fazem política em seus programas de rádio, os reprovando e dando nota zero.

De forma surpreendente Donato Lopes, no momento em que deu nota zero à perseguição política, revelou que esse foi uma das causas do infarto que sofreu há alguns anos atrás e por causa disso teve que abandonar o trabalho nos meios de comunicação e que, depois disso, não pôde mais estar em locais com aglomerações e muita movimentação, sendo esses ambientes contraindicados à sua atual condição de saúde.

Ao movimento comunitário em Sousa ele deu zero sem titubear: “Os que vieram depois de mim nesse movimento deixaram a política partidária se infiltrar”, disse o radialista Donato Lopes.

Pergunta Curinga
A pergunta se baseava no fato acusado por alguns dele sempre fazer jornalismo com paixão e na defesa de um grupo político, ele respondeu: “Conheci os dois lados da moeda dos grupos políticos de Sousa, convivi durante 40 anos com esses grupos e defendi mesmo quem estava comigo, porém procurei sempre respeitar os adversários e com ética, sempre fui autêntico, determinado e forte nas minhas posições sem agredir o próximo”, afirmou efusivamente.

Veja Vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: advogado sousense fala sobre a redução da maioridade penal. Você é contra ou a favor?

VÍDEO

Dra Paula fala sobre dificuldades na gestão do seu esposo em Cajazeiras e diz ser contra demissões

GOVERNO NO FOCO

VÍDEO: Professor comenta os impactos do fim do DPVAT, golpe na Bolívia e invasão à embaixada venezuelana