header top bar

section content

Com Messi ‘chorando sangue’, terroristas ameaçam a Copa da Rússia

O Wafa' Foundation, que é pró-Estado Islâmico, divulgou um cartaz com a imagem do craque argentino do Barcelona atrás das grades e com sangue nos olhos

Por Priscila Belmont

25/10/2017 às 08h55

© Reprodução / Twitter / Site Intel Group

Um grupo terrorista apoiador das ações do Estado Islâmico divulgou dois cartazes na última terça-feira (24) para fazer ameaças de atentados a Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia. O craque Lionel Messi é usado em uma das imagens.

O atacante da seleção da Argentina aparece na peça trajando um uniforme de prisioneiro, atrás das grades, e com sangue escorrendo do seu olho esquerdo. No segundo cartaz (para ver, passe para a próxima foto no cartaz acima), o grupo usou a imagem do estádio Luzhniki, localizado na capital Moscou, colocou um homem com roupa camuflada ao lado de bombas e ainda estampou o seguinte texto:

“Aos inimigos de Alá na Rússia, o fogo dos mujahideen (soldados da guerra) os queimarão. Apenas esperem”.

De acordo com informações, o governo Russo é aliado da Síria no trabalho de combate ao Estado Islâmico, promovendo ataques ao grupo no país.

Notícias ao Minuto

Recomendado para você pelo google

SAÚDE PÚBLICA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe especialista em saúde pública e fala de práticas integrativas do SUS

DESCONTRAÇÃO

VÍDEO: Sucesso na internet, Gleyfy Brauly e MC Nem animam o programa Xeque Mate dessa semana

ENTREVISTA EXCLUSIVA

VÍDEO: Ricardo diz que sabia de ‘inimigos’ no governo, diz que PSB estava acomodado e alerta Azevêdo

CRIMINALIDADE

VÍDEO EXCLUSIVO: Homem é brutalmente assassinato em Cajazeiras; esposa conta detalhes do homicídio