header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Em carta de despedida, Leston agradece ao Belo e diz esperar voltar a treinar o time

No texto, o técnico ressalta o aprendizado durante a sua passagem pelo Botafogo-PB e deseja sorte à equipe na sequência da temporada. Comandante pediu demissão do clube na última terça-feira

Por Globo Esporte PB

06/06/2018 às 09h52

Leston Júnior deixou o Botafogo-PB após conseguir um aproveitamento de 58% à frente do time (Foto: Cisco Nobre/GloboEsporte.com)

Durou oito meses de trabalho a primeira passagem de Leston Júnior pelo futebol paraibano. O jovem treinador mineiro pediu demissão do Botafogo-PB na última terça-feira por meio de uma carta de despedida. Em seu texto, o ex-técnico do Belo agradeceu a confiança dos dirigentes, da comissão técnica e dos jogadores do clube de João Pessoa. Por fim, disse que espera um dia retornar ao time da Maravilha do Contorno, ao qual chamou de “gigante do futebol brasileiro”.

Pelo Botafogo-PB, Leston Júnior disputou 34 jogos, com 17 vitórias, 8 empates e 9 derrotas. Um aproveitamento de 58%, com direito ao título de campeão paraibano. Além disso, o treinador foi responsável pela classificação para a fase de mata-mata da Copa do Nordeste, algo que o Belo ainda não havia conseguido neste atual formato do regional. Na Copa do Brasil, o time foi eliminado na segunda fase, pelo Atlético Mineiro, após ter passado pelo Floresta-CE.

Contudo, na Série C, o Belo tem convivido com a irregularidade, o que resultou no desgaste do treinador. E foi a própria diretoria do Botafogo-PB que confirmou o pedido de demissão do mineiro. Leston Júnior escreveu uma carta de despedida – publicada em suas redes sociais -, na qual afirmou que é preciso ter humildade para compreender que o ciclo chegou ao fim.

– Como tudo na vida, o futebol tem seus ciclos. E um dos grandes sinais de maturidade é saber a hora de terminar um, para que o respeito e admiração sejam preservados.
Além do Belo, Leston Júnior tem passagens por Remo, Moto Club e Tupi. Aos 39 anos, o treinador estava valorizado no início da Série C, chegando a receber uma sondagem do Náutico, que também está na disputa da terceira divisão nacional.

Confira a íntegra da carta de despedida de Leston Júnior:

Oito meses de trabalho árduo, muita dedicação e, acima de tudo, muito aprendizado. Assim defino a minha passagem pelo Botafogo PB. Desde o primeiro momento, foi o coletivo que prevaleceu, fomos no limite o tempo inteiro. Os resultados, de certa forma, provam isso: 34 jogos, 17 vitorias, 08 empates, 09 derrotas – Aproveitamento 58%

Objetivos propostos para temporada:

1. Passar a primeira fase na Copa do Brasil (importante para toda temporada em função do retorno financeiro no qual o clube não conseguiu no ano de 2017) – Atingimos o objetivo, uma pena na segunda fase já ter um enfrentamento com um clube da Série A (Atlético MG)

2. Passar de fase da Copa do Nordeste (feito que o clube não alcançava desde a mudança da forma de disputa em 2013, e que também traria um retorno de cota para o clube) –

Atingimos o objetivo, ficando na zona de classificação durante toda a primeira fase. Infelizmente, no sorteio da segunda fase, tivemos outro enfrentamento com um clube da Série A (Bahia)

3. Chegar à final do campeonato estadual e conquistar o título (garantindo para 2019 a disputa da Copa do Brasil e da fase de grupos da Copa do Nordeste) –

Nos sagramos campeões de forma contundente, tendo a melhor campanha geral da competição.

4. Conquistar o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro – Competição que está em andamento, onde nos encontrávamos na quinta colocação, a dois pontos do G4 (zona de classificação), em 8 rodadas de 18 em disputa.

Mas como tudo na vida, o futebol tem seus ciclos. E um dos grandes sinais de maturidade é saber a hora de terminar um ciclo, para que o respeito e a admiração sejam preservados.

Gostaria de externar minha gratidão a várias pessoas que ajudaram muito nesse processo com seu trabalho sério e dedicado, tendo sempre em vista o melhor para o clube. Começo esses agradecimentos com os senhores José Freire da Costa (Zezinho Botafogo) e Breno Morais Almeida, pela grande oportunidade de dirigir uma agremiação da envergadura do Botafogo PB. Estendo os cumprimentos a toda a diretoria e Conselho Deliberativo. Pessoas que tem participação de destaque na gestão do clube e saio com a certeza de que não são apenas apaixonados pelo clube, mas também homens de grande caráter.

Agradeço muito o trabalho exaustivo e diário de toda a comissão técnica e ao grupo de jogadores, que sempre tiveram para comigo muito respeito e carinho. Também gostaria de deixar um abraço especial à todos os demais funcionários do clube, que deram todo o suporte para que os atletas tivessem o melhor ambiente possível e pudessem produzir bem e em harmonia. Cada um de vocês é parte integrante de todo processo e merecem medalhas pelo zelo e respeito com que realizam seu trabalho.

A torcida também merece minha gratidão, pelo apoio que sempre tive, principalmente nos poucos momentos de dificuldades que tivemos. Fizemos o possível para alçar grandes voos pelo Belo e saio feliz com boa parte das metas cumpridas, embora fosse meu desejo que conquistássemos ainda mais pelo clube. Agradeço também ao povo paraibano, que sempre me tratou com imenso carinho durante esse período, me acolhendo de forma inesquecível em sua cidade e em seu estado. Não vejo minha saída como um adeus. Espero um dia ter a honra de voltar a dirigir esse gigante do futebol brasileiro. Clube que levarei para sempre como uma incrível experiência profissional e pessoal.

Meu muito obrigado a todos!
Um abraço!
Leston Júnior

Fonte: https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/times/botafogo-pb/noticia/em-carta-de-despedida-leston-agradece-ao-belo-e-diz-esperar-voltar-a-treinar-o-time.ghtml

BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça