header top bar

section content

Torcedor do Fortaleza, professor de Cajazeiras diz que clubes do Nordeste são as maiores vítimas do VAR

Ele critica fraudes nesse novo sistema de arbitragem e afirma que clubes com menor poder econômico são os mais prejudicados

Por Tanammy Freire

07/11/2019 às 18h03 • atualizado em 07/11/2019 às 18h05

A tecnologia tem sido forte aliada no auxílio de decisões futebolísticas. A criação do sistema de árbitro de vídeo conhecido como VAR (do inglês Video Assistant Referee) é exemplo disso. Esse sistema tem como finalidade auxiliar o árbitro em suas decisões, principalmente naquelas que poderiam modificar totalmente o resultado de um jogo.

Mas Gildemar Pontes teceu críticas à funcionalidade dessa ferramenta, que ainda sofre interferência humana, ocasionando alguns erros e favorecendo alguns clubes.

Ele esclareceu também os motivos dos erros cometidos nesse sistema de arbitragem, porque, segundo ele, os times do Nordeste são os mais prejudicados em relação aos demais, e porque os clubes com maior poder econômico são os mais favorecidos.

O comentarista compara as fraudes que ocorrem no Brasil em relação a outros países e explica a relação entre o mau uso das ferramentas tecnológicas com a falta de educação e de conscientização da ética.

VEJA TAMBÉM

Gildemar questiona por que Exército ignora sinais de que clã Bolsonaro se envolve com milícias

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

BRUTALIDADE

VÍDEO: Em Princesa Isabel, homem tenta matar outro com pedrada na cabeça após confusão em Bar

PEDEM ESFORÇO COLETIVO

VÍDEO: Agentes de endemias fazem alertas para evitar surto de dengue, zika e chikungunya em Cajazeiras

DE VOLTA AO SERTÃO

VÍDEO: Na região de Pombal, governador visita e entrega obras antes da plenária do Orçamento Democrático

EM INVESTIGAÇÃO

VÍDEO: PRF emite nota de esclarecimento sobre homem que morreu dentro de porta-malas em Sergipe

Recomendado pelo Google: