header top bar

section content

Campinense perde para o Atlético de Goiás

Depois de insistir em jogadas centrais durante um insosso primeiro tempo, o Atlético-GO conseguiu derrotar o Campinense nesta terça-feira graças às orientações do técnico Mauro Fernandes no intervalo. Obediente, o time goianiense atuou pelas laterais para superar o time paraibano por 1 a 0 pela 24ª rodada e permanecer na terceira colocação do campeonato. O […]

Por

16/09/2009 às 07h39

Depois de insistir em jogadas centrais durante um insosso primeiro tempo, o Atlético-GO conseguiu derrotar o Campinense nesta terça-feira graças às orientações do técnico Mauro Fernandes no intervalo. Obediente, o time goianiense atuou pelas laterais para superar o time paraibano por 1 a 0 pela 24ª rodada e permanecer na terceira colocação do campeonato.

O resultado marcou o reencontro do Atlético com a vitória, após dois empates e uma derrota nas últimas três partidas. Com 44 pontos, a equipe goiana segurou a terceira posição da tabela e manteve a ligeira vantagem sobre o Ceará, quarto com 43. Já o Campinense, que ensaiava uma reação no torneio, continuou com 23 pontos e caiu da 18ª para a 19ª colocação.

O melhor ataque da Série B, com 47 gols marcados em 23 jogos até o início da rodada, foi inexpressivo no primeiro tempo contra a zaga do Campinense – a mais vazada do torneio, tendo sido batida 49 vezes até então. As principais jogadas eram criadas a partir de chutes de longa distância, mas sem força ou angulação necessárias para obrigar o goleiro Fabiano a executar defesas difíceis.

Apenas duas chances mais perigosas foram criadas pelos donos da casa ao longo da etapa inicial. Na primeira delas, já aos 30min, o time goianiense penetrou a grande área paraibana com Elias, que chutou por cima do gol. Já aos 40min, o goleiro Márcio se aventurou no ataque para a cobrança de uma falta, que beliscou o travessão e saiu.

"Tivemos o domínio do jogo, mas não aproveitamos as laterais do campo", apontou o técnico atleticano na saída para o intervalo. "Precisamos corrigir isso", complementou o treinador, que acertou em sua análise da partida. Logo no início do segundo tempo, o time anfitrião passou a explorar as alas e encontrou mais espaços para jogar.

Assim, com 6min, o clube goianiense conseguiu driblar a marcação paraibana e abriu o placar no Serra Dourada. Róbston deu um belo passe em elevação para Juninho, que recebeu livre pelo lado direito da área e chutou rasteiro, sob o corpo do goleiro Fabiano, e anotou seu oitavo gol na Série B.

Conduzindo bem a vantagem, o time atleticano voltou a assustar aos 25min, quando Juninho acertou a trave em um chute de fora da área. Já nos acréscimos, Antônio Carlos e Boca exigiram reflexo de Fabiano com finalizações da pequena área, após jogadas criadas pelos flancos do gramado.

As chances mais perigosas dos visitantes vieram no final do jogo: aos 33min, o zagueiro Camilo cabeceou com perigo e aos 40min, o volante Marcelinho Henrique assustou em um chute de fora da área – ambas as finalizações passaram à esquerda do gol de Márcio e mantiveram o placar inalterado.

Atlético-GO e Campinense disputam a 25ª rodada da Série B nesta sexta-feira, ambos com jogos programados para as 21 horas (de Brasília). Os goianos rumam ao Sul do país para o embate com o Figueirense no estádio Orlando Scarpelli, enquanto os paraibanos retornam a Campina Grande, onde recebem o Bragantino.

ATLÉTICO-GO 1 x 0 CAMPINENSE

Atlético-GO
Márcio, Rafael Cruz, Antônio Carlos, Jairo (Leandro Amaro) e Chiquinho; Leandro Carvalho, Pituca, Róbston e Elias (Lindomar); Marcão (Boca) e Juninho
Técnico: Mauro Fernandes

Campinense
Fabiano; Fábio, Camilo, Nino e Marquinhos; Henrique, Neto Maranhão, Fernandes (Almir) e Giuliano; Washington (Marcelinho Henrique) e Edmundo (Negreiros)
Técnico: Freitas Nascimento

Data: 15/09/2009 (terça-feira)
Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia
Árbitro: Arnoldo Vasconcelos Figarela (RO)
Auxiliares: Márcia Bezerra Lopes Caetano e Wilson Gonçalves de Aquino (RO)
Cartões amarelos: Márcio, Rafael Cruz, Antônio Carlos, Elias (ATG); Nino, Fernandes, Edmundo (CMP)
Gols: Juninho, aos 6min do segundo tempo.

Fonte: ClickPB

Tags:
SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa