header top bar

section content

Google lança novo Orkut com muitas novidades, mas exige convite

O Google apresentou nesta quinta-feira (29) o novo Orkut, que foi remodelado para que o usuário tenha acesso a maior quantidade de recursos possíveis diretamente da página inicial, onde se consegue visualizar toda a lista de amigos e comunidades. Para fazer parte do novo Orkut será necessário receber um convite, como aconteceu no lançamento do […]

Por

31/10/2009 às 01h19

align=leftO Google apresentou nesta quinta-feira (29) o novo Orkut, que foi remodelado para que o usuário tenha acesso a maior quantidade de recursos possíveis diretamente da página inicial, onde se consegue visualizar toda a lista de amigos e comunidades. Para fazer parte do novo Orkut será necessário receber um convite, como aconteceu no lançamento do site em 2004. A expectativa do Google é que até o final do primeiro semestre de 2010 todos os usuários tenham migrado para a nova versão.

Para dar agilidade à navegação, o site usa na página principal abas para acesso rápido aos recados, fotos e vídeos. Na lista dos visitantes recentes agora existem as fotos das pessoas e não mais o nome de usuário.

O site facilitou a publicação de fotos e vídeos, deixando o upload três vezes mais rápido que atualmente. Dá por exemplo para escrever a legenda de cada foto do álbum enquanto as fotos são carregadas do PC para o álbum e o usuário ainda tem a opção de escolher a cor da sua página entre as cinco opções disponíveis.

Assim como no Facebook – a maior rede social do mundo, com 300 milhões de usuários – o dono do perfil escolhe quais amigos terão acesso a cada um dos álbuns de fotos, por exemplo.

As mudanças apresentadas hoje são as maiores do site desde o ano passado, quando foi lançado o OpenSocial, plataforma para a criação de "programinhas" e jogos na rede social.

"Vazamento controlado"
Na verdade, a informação de que o Google mudaria o Orkut começou a circular na internet no dia 13 de outubro, quando um blog anunciou ter descoberto "sem querer" a nova página da rede social no site do navegador do Google, o Chrome. A "descoberta" recebeu um printscreen e foi parar em diversos sites e blogs. Uma breve análise do blog que teria descoberto a suposta falha do Google deu indícios de que tudo não passava de uma campanha de marketing viral, o que só foi confirmado hoje pela empresa.

No blog do personagem Danilo Miedi existem posts desde janeiro e em praticamente 100% dos textos o assunto é o Orkut. Ele diz que ficou sabendo que o Orkut vai novamente ser uma rede social "fechada", ou seja, quem quiser fazer parte do site precisará receber convite de quem já participa, como aconteceu no lançamento da rede, em 2004.

Danilo, publicou vários vídeos e lançou uma campanha chamada O Orkut vai mudar. Me ajude a entrar. Ele percorreu shows como o a da banda Skank para divulgar seu desejo de ser o primeiro a entrar no novo Orkut. Seus vídeos impressionaram pela edição e qualidade de imagem, algo nada comum para produções caseiras como se vê na rede.

Ele criou uma comunidade chamada Quero convite pro novo Orkut (2.400 membros) e tem três perfis lotados de amigos.

Até mesmo seu nome não foi sido escolhido por acaso: Danilo Miedi, referência a Danilo "Me add" (me adiciona). Miedi será o primeiro detentor dos convites para acesso ao novo Orkut. Os convites serão distribuídos entre seus amigos do Orkut, participantes da comunidade e seguidores do perfil @danilomiedi no Twitter.

Preferência nacional
Apesar de já ter mais de cinco anos de vida, o Orkut continua como a rede social preferida dos brasileiros. Dados do Ibope Nielsen Online mostram que 26 milhões de usuários navegaram pelo menos uma vez no site durante o mês de setembro. O número é um pouco menor que o registrado em agosto (27,9 milhões), mas José Calazans, analista de mídia do instituto, explica que isso aconteceu porque os acessos à internet em geral caíram em setembro, mas tudo dentro da margem prevista.

– A novidade é que 73% de todas as pessoas que usaram a internet no mês acessaram o Orkut no Brasil. Essa alta participação tão deve ser registrada apenas na Rússia, que também tem uma rede social dominante. Nos Estados Unidos, por exemplo, o Facebook só ultrapassou 50% de participação recentemente.

Calazans disse ainda que o crescimento se mantém, mas cada vez em ritmo menor, o que é normal para um site que atingiu tamanha popularidade. A soma do tempo de acesso ao Orkut no período é de 5,25 bilhões de minutos e a rede social do Google teve um total de 18,5 bilhões de páginas vistas.

Do R7

Tags:

Recomendado para você pelo google

SERVOS DE DEUS

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre a filiação divina e o exercício da mediunidade

SUCESSO

VÍDEO: Programa Acústico Diário recebe o cantor cajazeirense Fabinho Mendes com os sucessos do momento

VÍDEO

Corpo jovem desaparecida é encontrado em avançado estado de decomposição; amiga fala da relação com o ex

AO VIVO

ESPECIAL: Sessão da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba em Cajazeiras – 156 anos