header top bar

section content

Disputa pela vaga de desembargador

Sertanejos, Johnson e Joaquim , ficaram fora da lista do TJ

Por

31/10/2007 às 21h19

Johnson Abrantes e Joaquim Alencar, os dois advogados sertanejos escolhidos pela OAB no grupo de seis juristas para disputar a vaga de desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba, não conseguiram o número de votos suficientes para integrar a lista tríplice da qual sairá o novo integrante do TJ, depois da nomeação do governador Cássio Cunha Lima.

Em sessão aberta realizada na manhã desta quarta-feira, 31, pelo TJ, Abrantes conseguiu somente seis votos e ficou fora da lista. Alencar obteve apenas um voto, proferido pelo desembargador Leôncio Teixeira Câmara.

Um dos favoritos para chegar a lista tríplice, Jhonson Abrantes, visivelmente contrariado, não escondeu a decepção. Ao final da sessão, ele pediu a palavra e disse ter ficado triste porque alguns desembargadores haviam lhe prometido voto, mas na hora da sessão fizeram diferente.

Os mais votados pelos desembargadores do TJ foram pela ordem: Joás de Brito (15 votos), Caius Marcelus (13) e Odon Bezerra (13). Cada magistrado teve direito de votar em três postulantes. A lista com os três nomes foi encaminhada no final da manhã ao governador Cássio Cunha Lima, que tem 20 dias para nomear o próximo desembargador na vaga de Raphael Carneiro Arnaud. 

Da redação do DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
TRISTEZA

VÍDEO: Atos fúnebres dos PRFs assassinados em Fortaleza é marcado por homenagens e muita comoção

SITUAÇÃO DIFÍCIL

VÍDEO: Portador de doença rara que mora em sítio de Cajazeiras fala sobre dificuldades para tratamento

COMUNICADO

VÍDEO: CDL de Cajazeiras confirma fechamento do comércio no Dia do Comerciário; Sousa funciona normal

LUTO

VÍDEO: Cajazeirense de 16 anos perde luta contra tumor na cabeça e morre em hospital de João Pessoa

Recomendado pelo Google: