header top bar

section content

Deputado Jeová Campos propõe implantação do curso de Engenharia da Energia, no IFPB

A Engenharia de Energia, segundo o parlamentar, surge como uma nova área que visa à capacitação profissional para atuar num setor de suma importância para o Brasil e para a humanidade.

Por Portal Diário com Assessoria

11/05/2021 às 08h55

(Imagem ilustrativa reproduzida da internet).

Um requerimento do deputado Jeová Campos (PSB), foi aprovado durante sessão remota da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) na última terça-feira (04). O documento sugere que seja encaminhada uma solicitação ao ministro da educação, Milton Ribeiro, pedindo a implantação do Curso Superior de Engenharia da Energia no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba-IFPB.

O deputado usou como argumento que, como todos os países do mundo, o Brasil atravessa uma séria crise energética, com reservas naturais cada vez mais escassas. Em contrapartida, o aumento da população requer cada vez mais energia e a noção de escassez de insumos energéticos nunca foi tão presente. Diferentes opções tecnológicas vêm sendo estudadas e aplicadas em nossa sociedade em detrimento da energia advinda do petróleo, revelando que opções que antes eram consideradas remotas são hoje soluções maduras e rentáveis. Soma-se a isso a nova consciência de responsabilidade ambiental que alerta sobre os riscos do emprego de tecnologias ditas convencionais para geração de energia, e que poderão ser inviabilizadas em um futuro próximo. O protocolo de Kyoto limita o uso de alguns tipos de combustíveis, além de incentivar o uso de energias renováveis e limpas.

VEJA TAMBÉM

Jeová Campos diz que sessões na ALPB devem permanecer remotas até todos da Casa serem imunizados

Deputado estadual Jeová Campos.

A Engenharia de Energia, segundo o parlamentar, surge como uma nova área que visa à capacitação profissional para atuar num setor de suma importância para o Brasil e para a humanidade, que é a geração de energia preservando o meio ambiente. “O curso de Engenharia de Energia pode oferecer ao estudante uma formação sólida na área de engenharia e em harmonia com questões de alta relevância para o mundo moderno. O objetivo do curso é a formação de profissionais capacitados a compreender, projetar e gerenciar processos de produção, distribuição e utilização das várias formas de energia disponíveis na matriz energética, sejam elas renováveis ou não renováveis”, explica Jeová.

ATUAÇÃO PROFISSIONAL

O Engenheiro de Energia será capacitado a atuar nos setores elétrico, petrolífero e industrial, atuando diretamente com sistemas de produção, geração, transporte, distribuição, gerenciamento e aplicação de energia.

No ano de 2016, o IF-RN, através da RESOLUÇÃO Nº 38/2015- CONSUP, autorizou a criação e o funcionamento do Curso Superior de Engenharia de Energia, cujo curso teve inicio em 06 de abril daquele mesmo ano. “Como sabemos, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba – IFPB, já oferece dezenas de cursos de níveis técnico e superior e a implantação deste curso de Engenharia de Energia no IFPB será de grande importância para o desenvolvimento de nosso Estado assim como já o fez o RN”, justificou o deputado.

PORTAL DIÁRIO

PREJUÍZOS E SUSTOS

VÍDEO: Em Cajazeiras, idosa chora pedindo ajuda para resolver problema com árvores de terreno vizinho

INTUBADO COM COVID-19

VÍDEO: Drª Paula diz que sedação de Zé Aldemir começou a ser diminuída, mas ela volta a pedir orações

CONQUISTA IMPORTANTE

VÍDEO: Prefeito de Cubati implanta casa de apoio em Campina Grande

'OPÇÃO VIÁVEL'

VÍDEO: Vice-presidente da OAB-PB sugere que TJPB venda prédio do fórum e construa um novo em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!