header top bar

section content

Idosos são agredidos a pedradas em CZ; Mulher diz que acusado já matou um em SP

Segundo a dona de casa que foi agredida, o vizinho tentou atingir seu marido na cabeça. "Ele tem que pagar", protestou.

Por Jocivan Pinheiro

04/04/2016 às 17h12 • atualizado em 05/04/2016 às 10h04

Uma rixa entre vizinhos virou caso de polícia neste último final de semana na rua Vitória Bezerra, bairro São Francisco, zona sul de Cajazeiras, quando um casal de idosos foi agredido a pedradas.

Dona Maria do Socorro mostra hematoma no braço

Dona Maria do Socorro mostra hematoma no braço

A dona de casa Maria do Socorro Pessoa, de 54 anos, e seu marido, o aposentado Emídio de Paulo, 79 anos, mostraram à reportagem da TV Diário do Sertão os hematomas causados pelas agressões.

A mulher recebeu uma pedrada no braço direito e o aposentado foi atingido nas costas. Por pouco a briga não terminou em tragédia, já que, segundo dona Maria do Socorro, o vizinho tentou atingir seu marido na cabeça.

Conforme a versão da dona de casa, a rixa entre as duas famílias começou quando a residência do vizinho passou a ser atingida por pedras no telhado que ele acha que estão sendo arremessadas pelo casal de idosos. Daí em diante as provocações se intensificaram, até que o vizinho teria partido para as vias de fato durante uma discussão.

Seu Emídio recebeu uma pedrada nas costas

Seu Emídio recebeu uma pedrada nas costas

Dona Maria do Socorro nega que esteja jogando pedras na casa do vizinho. Segundo ela, o acusado das agressões já teria cometido outros crimes em São Paulo, inclusive homicídio. A dona de casa já deu parte na polícia e espera justiça.

– Eu quero justiça. E agora também quero que puxe a ficha dele em São Paulo. Ele disse que em São Paulo já fez de tudo. Já matou. Era assaltante. Agora virou para crente. Eu não tenho capacidade para estar subindo em muro e jogando pedra na casa de ninguém. O apelo que eu faço é por justiça. Ele tem que pagar – protestou.

A reportagem procurou o vizinho, mas ele não quis gravar entrevista nem dar a sua versão do caso.

DIÁRIO DO SERTÃO

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”

É DO SERTÃO!

Cantores mirins do Vale do Piancó estão fazendo sucesso e bombando em vários estados brasileiros