header top bar

section content

Amigo de família é preso suspeito de estuprar menina de 8 anos na Paraíba

Crime aconteceu na zona rural de Campina Grande, na quarta-feira (19). Avó da vítima disse que suspeito visitava casa com frequência.

Por Luzia de Sousa

19/05/2016 às 09h24

As sequelas do estupro (Foto ilustrativa)

Um homem foi preso suspeito de estuprar uma menina de 8 anos na zona rural de Campina Grande, no Agreste paraibano. O crime aconteceu no Distrito de Galante, na quarta-feira (28). O abuso foi denunciado pela avó da criança.

De acordo com o Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), uma funcionária do Centro de Assistência Social do Distrito de Galante acionou os policiais da zona rural depois que avó da criança informou que a menina havia sido violentada sexualmente.

Ainda em conversa com a polícia, a avó informou o nome do suspeito e ele foi preso em flagrante. Segundo a avó da criança, o suspeito costuma visitar a casa da vítima e era conhecido da família. No momento da prisão o homem não reagiu e foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil. O caso está sendo investigado.

Recorrente
O Disque 100 recebeu 116 denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes na Paraíba nos quatro primeiros meses de 2016. Do total das vítimas, 88 são meninas e 39, meninos. Em 32 casos, o sexo das vítimas não foi informado. Foram 36 denúncias em janeiro, 20 em fevereiro, 35 em março e 25 em abril. Os dados são da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Esta quarta-feira (18) marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescente.

G1PB

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos