header top bar

section content

Aliada de Bolsonaro condena ajuda a vítima de estupro coletivo e diz que homens são inocentes. VÍDEO!

Ela diz que a ajuda prestada à jovem que foi vítima de um estupro coletivo no Rio de Janeiro é política e visaria obter votos.

Por Luzia de Sousa

27/05/2016 às 17h16

A ex-feminista que adora uma polêmica, Sara Winter, e atual aliada do deputado Jair Bolsonaro publicou um vídeo polêmico em seu canal de Youtube.

Veja também!

? REVOLTA: Vítima menor de idade que foi estuprada por 33 homens presta depoimento

No vídeo, a moça, que já esteve ligada à correntes neo nazistas, diz que a ajuda prestada à jovem que foi vítima de um estupro coletivo no Rio de Janeiro é política e visaria obter votos. Ela condena a apropriação da triste história da jovem como plataforma política.

Também defendeu os homens que “sempre se f****** para dar uma vida boa para as mulheres”. A declaração entusiástica era a resposta a um Twitter da cantora Pitty, que disse que os homens estupram porquê acreditam na impunidade.

Polêmica Paraíba

DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”