header top bar

section content

Jornalista é encontrado morto após 4 dias que estava desaparecido

Quatro suspeitos já tiveram a prisão decretada.

Por Luzia de Sousa

08/09/2016 às 07h45

Corpo de jornalista desaparecido é encontrado próximo a Lajeado (Foto: Arquivo Pessoal)

O corpo do jornalista Mateus Júnior, que estava desaparecido há quatro dias, foi encontrado em uma estrada próximo a Lajeado, município a cerca de 65 km de Palmas na noite dessa quarta-feira (7). De acordo com a Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic), um dos suspeitos, que havia sido detido pela Polícia Civil, levou os policiais até o local onde estava o corpo.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Vinícius Mendes de Oliveira, oito pessoas foram detidas em uma casa no município de Nova Rosalândia, a 119 km da capital, e serão ouvidas. Quatro suspeitos já tiveram a prisão decretada.

A Polícia Civil está no local onde o corpo foi encontrado e aguarda o trabalho da perícia para que ele seja levado para Instituto Médico Legal (IML).

Entenda
O jornalista estava desaparecido desde a madrugada de sábado (3). Ele foi visto pela última vez, por volta das 2h, em um bar da quadra 303 Norte. A polícia foi até a casa do homem na 306 Sul e encontrou o local aberto e revirado.

Na casa foram encontrados copos quebrados pelo chão, gavetas remexidas, piscina ligada e cheia de latas de cerveja. Uma televisão foi levada e o carro da vítima não estava na garagem, porém, os documentos de Júnior e do veículo ficaram para trás.

Vizinhos disseram ter ouvido sons na casa do jornalista por volta das 4h de sábado. A empregada que trabalhava para a vítima desde 2009 foi a primeira a perceber que o jornalista estava desaparecido.

O carro da vítima foi encontrado em Porangatu, cidade ao norte de Goiás, na terça-feira (6). O veículo estava abandonado, perto da rodoviária da cidade. As informações foram confirmadas pela Polícia Civil do município. A polícia disse que dentro do carro não tinha ninguém e nem vestígios de sangue.

G1

LAMENTÁVEL

LAMENTÁVEL: vigilante morre assassinado a tiros ao reagir a assalto em posto de combustíveis em Sousa

ELEIÇÃO DA FEDERAÇÃO

VIXE: Para Aldeone, falta de apoio a Arlan Rodrigues na FPF foi covardia e Cajazeiras está “ensinando a Paraíba a trair”

CRÍTICA E CONSELHO

Jornalista diz que rádio de Cajazeiras está ultrapassado e precisa repensar conteúdo para não ‘morrer’

TOTALMENTE RENOVADO

VÍDEO: Com mais elegância e tecnologia, novo carro da Wolkswagen é lançado com festa em Cajazeiras