header top bar

section content

EXCLUSIVO: Delegado detalha operação que prendeu casal acusado de furtos a lojas no centro de Cajazeiras; Eles respondem por tráfico na região de Campina Grande. VÍDEO!

Segundo o delegado, vários objetos foram recuperados de uma loja da cidade, que foi alvo do grupo criminoso. Confira aqui!

Por Luzia de Sousa

08/12/2016 às 07h54 • atualizado em 08/12/2016 às 07h56

O delegado seccional da cidade de Cajazeiras, George Wellington falou com exclusividade ao Diário do Sertão e detalhou a “Operação Vitrine”, que teve o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada em furtos qualificados, incluindo joalherias, lojas de confecções e lojas de eletroeletrônicos, com atuação em vários estados do Nordeste.

+ ‘PEGA LADRÃO’: Polícia de Cajazeiras deflagra Mega Operação e desarticula quadrilha especializada com atuação em vários estados; Homem, mulher, cunhada e mãe são citados

Segundo o delegado, vários objetos foram recuperados de uma loja da cidade, que foi alvo do grupo criminoso. Ele disse que os acusados são conhecidos em Campina Grande, mas que tem atuação em várias cidades e em outros estados.

George informou que até o momento foram presas duas pessoas, e que se trata do casal que aparece nas imagens das câmeras de segurança no assalto a lojas de Cajazeiras, mas alertou que as investigações continuam.

Os Mandados de Busca e Apreensão e Prisão ocorreram nas cidades de Campina Grande e Baía da Traição, e de lá o delegado falou a reportagem informando o material apreendido será trazido para Cajazeiras e devolvido aos proprietários, adiantando que a quadrilha escolhia o alvo através do era visto nas vitrines e tinha informação até do horário que o vigilante deixava seu posto de trabalho para agir com ‘segurança’

Ele informou que foram empregados 15 policiais civis, escrivãs, agentes e dois delegados, o de Cajazeiras e o de Baía da Traição, Dr. Lourival.

De acordo com o seccional, os acusados presos já confessaram os crimes em Cajazeiras. “Agora é continuar a operação e tentar prender as demais. Esse é o trabalho investigativo da polícia”.

George explicou que os presos ficaram a disposição da Comarca de Mamanguape, pois foram autuados também por tráfico de drogas, porém, podem ser recambiados para o presídio padrão de Cajazeiras.

DIÁRIO DO SERTÃO

RÉU DA OPERAÇÃO CALVÁRIO

VÍDEO: Advogado esclarece o que muda no processo de Ricardo após autorização para retirar tornozeleira

OBSTRUÍDAS

VÍDEO: Comandante da PM dá detalhes do protesto que parou a pavimentação da estrada de Boqueirão

AÇÕES DE MORO

VÍDEO: Advogado lista equívocos e ilegalidades no processo da Lava Jato que prendeu Lula

ESTRATÉGIAS

VÍDEO: Jornalista acredita que Carlos Antônio pode indicar vice de Marquinhos fazendo acordo para 2022

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!