header top bar

section content

5ª CPTran realiza operação com o etilômetro em CZ e avisa que intensificará no Carnaval

BPTran e DETRAN vem realizando blitze do tipo Lei Seca em Cajazeiras e demais cidades da região

Por Jocivan Pinheiro

05/02/2017 às 17h42 • atualizado em 05/02/2017 às 17h45

Jovem passa por exame de etilômetro no Centro de Cajazeiras (Foto: Divulgação)

O consumo de bebida alcoólica provoca grandes efeitos sobre o organismo humano. Sua ação depressiva sobre o cérebro e sistema nervoso diminui a capacidade mental e física dos indivíduos, tornando impossível a realização de tarefas mais complexas, como dirigir, por exemplo.

No Brasil, morrem cerca de 46 mil pessoas por ano no trânsito, fora o custo social dos acidentes, que são de mais de 60 bilhões de reais. 21% dessas mortes são causadas pelo consumo de álcool, segundo dados do Ministério da Saúde e ONSV.

Blitze devem se intensificar na véspera e durante carnaval (Foto: Divulgação)

Para coibir a embriaguez ao volante e os consequentes acidentes, mutilações e mortes no trânsito, o BPTran e DETRAN, através da 5ª CPTran, conta com aparelhos etilômetros na cidade de Cajazeiras e vem realizando blitze do tipo Lei Seca nesta e demais cidades da região em dias e horários inopinados.

Segundo a 5ª CPTran, as operações vão aumentar na véspera e durante o período de Carnaval, quando, em todo o país, alguns foliões se excedem na bebida e insistem em tentar dirigir.

Mototaxista se submete a exame de etilômetro na zona sul de Cajazeiras (Foto: Divulgação)

DIÁRIO DO SERTÃO com Assessoria

Recomendado para você pelo google

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC

REFORMA AGRÁRIA

VÍDEO: Coordenadora da CPT Sertão afirma que terras são um direito dos camponeses e não do agronegócio