header top bar

section content

Segurança garante tranquilidade para foliões durante desfile das ‘Muriçocas do Miramar’

Os policiais civis estiveram presentes no corredor da folia e também trabalhou com três pólos de plantão para atender especificamente às demandas da festa.

Por Priscila Belmont

23/02/2017 às 16h53

Os foliões do maior bloco das prévias carnavalescas de João Pessoa, o ‘Muriçocas do Miramar’, desfilaram com tranquilidade na noite desta quarta-feira (22) e madrugada de quinta (23). Em mais uma noite de festa, o trabalho de prevenção e repressão qualificada das Forças de Segurança da Paraíba – Polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros Militar, não registrou ocorrências graves no perímetro do evento.

Desde o início da concentração do bloco até o fim do desfile, policiais militares conduziram 27 pessoas até o posto de Comando e Controle da instituição, instalada em frente ao supermercado Pão de Açúcar: seis por desordem, cinco por agressões, e quatro flagradas portando facas, três portando loló, três por roubo de celulares, dois por rixa, uma por tráfico de drogas, uma por posse de objeto suspeito, uma por desacato e uma por ato obsceno.

Os casos de tráfico de drogas, desacato e resistência à prisão foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil para instauração de procedimento. O caso de roubo de celulares resultou na prisão de três mulheres, todas do bairro de José Pinheiro, em Campina Grande, e que são suspeitas de integrar uma quadrilha responsável por esses crimes contra foliões que participavam do bloco. Com elas foram recuperados vários aparelhos de marcas variadas e ainda uma carteira masculina.

Os policiais civis estiveram presentes no corredor da folia e também trabalhou com três pólos de plantão para atender especificamente às demandas da festa: Delegacia Móvel, 3ª Delegacia Distrital, na Avenida Epitácio Pessoa e 10ª Delegacia Distrital, em Tambaú. Nessas unidades, um total de 25 ocorrências foram registradas, sendo 24 ocorrências por crimes patrimoniais (furtos e roubos) e uma ocorrência por lesão corporal. Dois flagrantes foram lavrados, sendo um por tráfico de entorpecentes ( cocaína) e um por furto qualificado e associação criminosa; e dois Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), um por desacato e outro por lesão corporal. A 12ª Delegacia Distrital, que fica em Manaíra, também esteve funcionando durante a noite e madrugada, assim como a Central de Polícia, no bairro do Geisel.

O trabalho dos bombeiros militares também foi positivo. Distribuídos ao longo da avenida e em pontos estratégicos de atendimento, eles realizaram um total de 92 intervenções, sendo 43 atendimentos de natureza pré-hospitalar, um caso de criança perdida que foi devolvida aos responsáveis e uma ocorrência envolvendo isolamento de fio energizado para evitar choques elétricos. Outras 47 atuações foram de natureza preventiva, a fim de evitar acidentes, incêndios e afogamentos.
Entre essas ações se destacam a distribuição de 23 pulseiras de identificação para crianças, 15 informações prestadas ao público e nove advertências. No balanço geral, 497 atendimentos já foram prestados pelo Corpo de Bombeiros durante as prévias carnavalescas de João Pessoa, sendo a maioria deles de cunho preventivo. O esquema da corporação para as festividades conta com mais de 300 militares empregados somente nos perímetros dos blocos, com atenção especial para aqueles de maior alcance.

Secom

Recomendado para você pelo google

DONO DA CONSULTRAN

VÍDEO: Especialista em trânsito elogia Zona Azul de Cajazeiras, mas cobra ensino de trânsito nas escolas

QUER MAIS SEGURANÇA

VÍDEO: Cantor da região de Cajazeiras diz que consumo de drogas nas festas dificulta fechar contrato

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Em Cajazeiras, médica explica o que é ‘prato colorido’ para quem quer perder peso com saúde

BOMBA

VÍDEO: Jornalista cajazeirense mira nos ‘Bocas Loucas’ da política paraibana