header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Bandidos roubam ambulância e sequestram médico para socorrer traficante

Criminoso baleado seria Thiago da Silva Folly, o TH, chefe do tráfico na região.

Por Luzia de Sousa

16/10/2017 às 08h32

Fuzil encontrado por PMs próximo ao local onde houve confronto. Inscrição faz alusão ao traficante TH, chefe do tráfico em favelas da Maré

Bandidos fortemente armados do Complexo da Maré roubaram uma ambulância e sequestraram um médico da UPA do conjunto de favelas, na madrugada deste domingo. Segundo a polícia, “a operação de guerra” orquestrada pelos traficantes seria para socorrer Thiago da Silva Folly, o TH, chefe do tráfico na região. O profissional será ouvido nesta segunda-feira na 21ª DP (Bonsucesso).

O caso ocorreu por volta de 1h, após criminosos furarem uma blitz e trocarem tiros com policiais do Batalhão de Policiamento em Vias e Estradas (BPVE) na Avenida Brasil, na altura da Linha Amarela. Um policial militar acabou baleado e, após buscas, foi encontrado um fuzil FAL calibre 762 com luneta próximo a área onde houve o confronto. Na arma havia a inscrição “Tropa do TH”.

De acordo com o delegado Wellington Vieira, da 21ª DP, a ambulância estava no Engenho de Dentro quando foi acionada para um socorro na Maré. Chegando na comunidade, o motorista, que prestou depoimento na delegacia neste domingo, foi rendido e o médico retirado do plantão da UPA da Maré, sendo levado pelos criminosos.

“Ele disse que tinha muitos traficantes e foi obrigado a tirar o uniforme que usava. Um bandido vestiu e eles roubaram a ambulância. Segundo ele, eram muitos bandidos fortemente armados com fuzis e pistolas. O médico foi obrigado a entrar na ambulância e levado pelos bandidos”, disse o delegado, com base no depoimento do motorista.

Vieira acredita que o ferido seja TH, do chefe do tráfico em favelas da Maré controladas pelo Terceiro Comando Puro (TCP), ou algum braço-direito do traficante. O delegado espera descobrir hoje para onde o baleado foi pelado através do depoimento do médico e do GPS da ambulância.

“Considero isso uma operação de guerra. Eles não fariam isso se não fosse um traficante que não tivesse uma importância para o tráfico. Acredito ser o TH ou um grande aliado dele.” Vieira disse que os envolvidos identificados serão indiciados por roubo, sequestro e associação criminosa.

O Disque-Denúncia oferece R$ 2 mil por informações que levem o TH, ou Riqueza, como também é conhecido, à prisão. Segundo informações, ele faz parte da cúpula da facção TCP, que comanda o tráfico de drogas em 11 das 16 favelas do Complexo da Maré. Ele ganhou o posto após as prisões de Menor P e o seu irmão, Zangado.

O Dia

Tags:
PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade

MÚSICA AO VIVO

VÍDEO: Sucesso no Nordeste, cantor interpreta grandes bandas nacionais e internacionais no Xeque-Mate