header top bar

section content

SERTÃO: Policial é preso suspeito de assassinar esposa e teria alegado que tentava tomar arma dela

A Audiência de Custódia acontecerá nessa próxima terça-feira (30), no Fórum João Espínola, em Itaporanga.

Por Luzia de Sousa

26/01/2018 às 17h09 • atualizado em 31/01/2018 às 09h33

Delegacia de Itaporanga, no Sertão da Paraíba (Foto: Diamante Online)

O subtenente da Polícia Militar de Itaporanga, lotado no 13º BPM, Damião Soares Gomes, suspeito de assassinar a esposa, a Assistente Social, Jaqueline Fabrícia Araújo, de 30 anos, nessa quinta-feira (25) recebeu voz de prisão ao tentar se apresentar na delegacia da cidade sertaneja na tarde desta sexta-feira (26). Ele estava acompanhado do seu advogado.

+ VÍDEO: Vizinhos teriam ouvido uma discussão antes de mulher ser assassinada a tiros em Itaporanga

Ao Portal Diamante Online, o delegado responsável caso, Gleibson Fernandes explicou que o juiz Antônio Eugênio, titular da 2ª Vara de Itaporanga já havia expedido mandado de prisão preventiva contra o PM.

“Reunimos depoimentos de testemunhas e familiares, além de outros indícios que comprovam a autoria do crime praticado pelo policial militar. Logo solicitamos a ajuda do poder judiciário que foi muito ágil para este caso, culminando com a prisão do suposto criminoso ao tentar se apresentar livrando o flagrante”, disse o delegado à imprensa local.

Na delegacia, o suspeito teria alegado que a arma disparou quando ele tentando tomá-la de sua esposa, no momento de uma discussão. O policial foi levado para uma cela especial no 3º Batalhão da cidade de Patos.

A Audiência de Custódia acontecerá nessa próxima terça-feira (30), no Fórum João Espínola, em Itaporanga.

Assistente Social (Foto: Diamante Online)

Entenda
O Major Douglas, comandante da Polícia Militar em Itaporanga explicou que o crime aconteceu por volta das 10h na casa da vítima. “A gente foi surpreendido pela manhã com essa tragédia familiar. Pelo que ficamos sabendo, o casal estava discutindo, quando o policial sacou a arma e atirou duas vezes dentro da casa. Um dos tiros atingiu a mulher”, disse o comandante.

Depois de ser ferida, a vítima foi socorrida e levada para um hospital na cidade. Mas, por causa da gravidade do ferimento os médicos decidiram transferir ela para o Hospital Regional de Patos, porem, ela não resistiu e morreu no caminho.

O comandante do batalhão acredita que o subtenente suspeito fugiu em uma moto. “A gente está em diligências em busca dele. Ele levou arma e provavelmente está em uma moto”, disse o major Douglas.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras