header top bar

section content

VÍDEO: Delegado revela detalhes dos dois homicídios que chocaram Cajazeiras; adolescente atraía as vítimas para a morte

Segundo delegado, dois jovens e um adolescente relataram que os homicídios de Fernando Bonifácio e Marcos Vinicius Barbosa foram motivados por vingança

Por Jocivan Pinheiro

02/03/2018 às 17h12 • atualizado em 02/03/2018 às 19h05

Dois jovens foram presos e um adolescente apreendido nesta sexta-feira (02), em Cajazeiras, suspeitos de serem os autores dos dois homicídios que chocaram a cidade esta semana. As prisões e apreensão foram resultado de uma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar.

Em entrevista coletiva, o delegado Glauber Fontes, da Polícia Civil, confirmou que os suspeitos relataram em depoimento que os assassinatos de Fernando Bonifácio Santos, 24 anos, e Marcos Vinicius Barbosa (Marquinhos), de 16 anos, foram por vingança.

Os corpos de Fernando e Marquinhos foram encontrados no sítio Lagoinha e no sítio Riacho da Lagoa, zona rural de Cajazeiras, no domingo (25) e na terça (27), respectivamente. Ambos estavam enterrados em covas.

VEJA TAMBÉM: Adolescente de 17 anos é apreendido suspeito de matar jovens que estavam desaparecidos em Cajazeiras

As vítimas Marquinhos e Fernando

Segundo o delegado Glauber Fontes, os suspeitos teriam confirmado que os homicídios foram motivados por vingança, já que Marcelo Henrique de Sousa, o “Marcelo Baiano”, foi vítima de uma tentativa de homicídio com arma de fogo no ano passado.

Ao descobrir que Fernando e Marquinhos haviam passado informações sobre sua localização para o autor dos disparos, Marcelo Baiano, com a ajuda de um jovem identificado apenas como Matheus e do adolescente, teria premeditado os assassinatos como vingança contra eles.

O delegado conta ainda que o adolescente era quem atraía as vítimas para os locais dos crimes convidando-as para fumar maconha, e que lá estava Marcelo Baiano aguardando para executar os homicídios. Já a participação de Matheus foi disponibilizando terrenos da família para enterrar os corpos, segundo Glauber Fontes.

Apesar das declarações contundentes do delegado, a advogada de Marcelo Baiano afirma que seu cliente não chegou a confessar o assassinato.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras