header top bar

section content

Fim de relacionamento amoroso pode ter motivado morte de estudante de 16 anos, no Sertão da PB. ÁUDIO!

Estudante é encontrada morta em banheiro de residência fez despedida em grupo de escola do WhatsApp. "Vou morrer gente".

Por Luzia de Sousa

08/03/2018 às 17h15 • atualizado em 08/03/2018 às 17h16

Jovem teria alertado em Grupo de WhatsApp

Em entrevista ao Portal Patos Online da cidade de Patos nesta quinta-feira (8), o delegado da Polícia Civil, Demétrius Patrício explicou que a estudante, Kely Yorrana de Souza, 16 anos, encontrado morta nessa quarta-feira (7) já havia tentado suicídio duas outras vezes.

+ Estudante é encontrada morta em casa, no Sertão da PB; ela teria feito revelação em grupo de WhatsApp

Kely era estudante do 2º ano do ensino médio, e teria tentado contra a própria vida no domingo (4) e segunda-feira (5), segundo o delegado.

Demétrius explicou que o corpo da menina foi encontrado no banheiro da residência. “Irmão a encontrou debatendo ainda”, revelou a autoridade policial.

Ele contou que segundo relatos de familiares, a adolescente estava em quadro de depressão devido ao término de um relacionamento amoroso.

O delegado confirmou uma despedida da estudante em um grupo de WhatsApp da sua turma.

.

Não ao suicídio
Em entrevista ao G1 no ano passado, o psiquiatra Daniel Barros sugere, como estratégia para abordar o assunto com os filhos, perguntar o que eles pensam sobre o assunto e partir desse conhecimento prévio para tratar do assunto.

Ouça áudio do Patos Online!

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ASSISTA À ENTREVISTA

EXCLUSIVO: Em Cajazeiras, Ciro Gomes fala sobre Lula, PT, Bolsonaro, Ricardo, João Azevêdo e eleições

VÍDEO

Empresário revela convite das oposições de Cajazeiras para disputar a prefeitura e derrotar Zé Aldemir

EVENTO CATÓLICO

VÍDEO: I Adora Cristo é sucesso em Cajazeiras, e coordenador da Missão Éfeso acredita em crescimento

SAÚDE BUCAL

VÍDEO: ortodontista sousense revela se é possível rejeição em casos de implantes dentários